PERCEPÇÕES SOBRE APRENDIZAGEM E USO DE LÍNGUA PORTUGUESA POR INDÍGENAS VENEZUELANAS DA ETNIA WARAO REFUGIADAS EM PACARAIMA/RR

  • Ísis Pereira dos Santos
  • Cora Elena Gonzalo Zambrano Universidade Estadual de Roraima
Palavras-chave: Aprendizagem, Língua Portuguesa, Refúgio, Indígenas Waraos

Resumo

Este artigo objetiva analisar a necessidade de uso e aprendizagem da língua portuguesa por mulheres refugiadas venezuelanas indígenas da etnia Warao. Realizou-se uma pesquisa de campo com um grupo de vinte mulheres artesãs do abrigo indígena Janokoida, localizado em Pacaraima/RR, município de fronteira com a Venezuela. A problematização foi levantada no ambiente multilíngue de contexto migratório e fronteiriço a partir das percepções quanto à necessidade de aprendizagem e do uso da língua portuguesa. O estudo lançou mão da pesquisa-ação através de oficinas de ensino de português oferecidas às artesãs. A técnica de observação participativa foi importante para analisar o contexto das práticas linguísticas e o funcionamento do abrigo. Após uma análise qualitativa, os resultados indicaram diferentes percepções quanto ao interesse pela aprendizagem de português, como o uso da língua por necessidade comercial ou o não uso por resguardo de suas referências identitárias e pela intenção de curta permanência em território brasileiro.

Referências

AGIER, M. Refugiados diante da nova ordem mundial. Tempo Social. Revista de sociologia da USP, v. 18, n. 2, p. 197-215, 2009.

ALMEIDA FILHO, J. C. P. Língua além de cultura ou além de cultura, língua? Aspectos do ensino de interculturalidade. In: CUNHA, Maria Jandyra Cavalcanti; SANTOS, Percília. Tópicos em Português Língua Estrangeira. Brasília: Editora UNB, 2002. p. 209-215.

_________. Dimensões comunicativas no ensino de línguas. Campinas, SP: Pontes Editora, 4ª Edição, 2007.

ALMEIDA SANTOS, S. M; ORTOLAN, M. H; SILVA, S. A. “Índios imigrantes” ou “imigrantes índios”? Os Warao no Brasil e a necessidade de políticas migratórias indigenistas. Trabalho apresentado na 31ª Reunião Brasileira de Antropologia. Brasília/DF, 2018.

BORTONI-RICARDO, S. M. O professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa – São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

GARCIA CASTRO, A. Mendicidad indígena: Los Warao Urbanos. Boletin Antropológico, n. 48, 2000, pp. 79-90.

MAHER, T. M. Educação do Entorno para a Interculturalidade e o Plurilinguismo. In: Kleiman e Cavalcanti. (Org.). Linguística Aplicada – suas faces e interfaces. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2007, p. 255-270.

MATOS, F. G. “Como usar uma linguagem humanizadora: orientação para professores de línguas estrangeiras”. In MOTA, K. SCHEYERL, D. (orgs.) Recortes interculturais na sala de Línguas Estrangeiras. Salvador: Editora da UFBA, 2004. 329p.

MOITA LOPES, L. Oficina de Linguística Aplicada: afinal, o que é Linguística Aplicada? Campinas, SP: Mercado das Letras, 1996.

RAJAGOPALAN, K. O conceito de identidade em linguística: é chegada a hora para uma reconsideração radical? Trad. de PISSETA, A. In: SIGNORINI I. (org.). Língua(gem) e identidade: elementos para uma discussão no campo aplicado. Campinas: Mercado das Letras, 1998.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed., São Paulo: Editora Atlas, 2007.

RODRÍGUEZ, M; PARELLO, J. (2010). Diseño de una ruta turística de interpretación Cultural para la promoción y el desarrollo local de la etnia aborigen warao en el Estado Delta Amacuro, Venezuela. (Tesis de Maestría). Universidad de la Habana. Caracas, Venezuela.

SILVEIRA, R. C. P. (org.). Português língua estrangeira perspectivas. São Paulo: Cortez, 1998. 119p

SOUZA, M. B.; PEQUENO, A. S.; COTA, D. da S.; SAMPAIO, J. S. O papel da mulher Warao nas relações de poder comunitárias. Revista Philologus. Ano 24, n. 72. Rio de Janeiro: CiFEFiL, set./dez.2018.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. 12. ed. São Paulo: Cortez, 2013.

TROUCHE, L. M. C. Ensino de Português – Língua Estrangeira – Interface com aspectos socioculturais. In: JÚDICE, N. (org.). Português como estrangeira: perspectiva de quem ensina. Niterói: Intertexto, 2002, p. 81-92.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
Pereira dos Santos, Ísis, & Gonzalo Zambrano, C. E. (2019). PERCEPÇÕES SOBRE APRENDIZAGEM E USO DE LÍNGUA PORTUGUESA POR INDÍGENAS VENEZUELANAS DA ETNIA WARAO REFUGIADAS EM PACARAIMA/RR. Muiraquitã: Revista De Letras E Humanidades, 7(2). https://doi.org/10.29327/212070.7.2-14
Seção
DOSSIÊ