DE EVA À HELENA:

A IDENTIDADE FEMININA NA OBRA JORGIANA A COSTA DOS MURMÚRIOS

Palavras-chave: Identidade; Mulher; Memória.

Resumo

O presente artigo trata de considerações críticas e teóricas sobre as diferentes maneiras como a mulher foi retratada em A costa dos murmúrios (1988), da autora portuguesa Lídia Jorge. Nesta obra, constituída por duas partes distintas, um conto inicial denominado Os gafanhotos, e nove capítulos posteriores ao conto, a voz que narra os capítulos – Eva Lopo, retoma o conto, enquanto ainda era Evita, e sua visão do passado mostra os costumes e vivências suas e de outras mulheres, no período da guerra colonial no território africano. Assim, analisaremos o romance jorgiano, elucidando o caminho percorrido por Eva Lopo, problematizando suas transformações identitárias. As reflexões levantadas no presente artigo têm como aporte teórico as postulações de Silva (2000), Beauvoir (2016), Abdala Jr. (2007) e Candau (2016).

Biografia do Autor

Algemira de Macedo Mendes, Universidade Estadual do Piauí/UESPI

Possui graduação em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Estadual do Piauí (1993), Mestrado em Teoria Literária pela Universidade Federal de Pernambuco (2002), Doutorado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul(2006) com estágio de doutorado sanduíche em Coimbra-PT(2005). Pós- doutora em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa pela Universidade de Lisboa. Professora Associada da Universidade Estadual do Piauí,/Universidade Estadual do Maranhão ,atuando na Graduação e no Mestrado em Letras . Coordena o Mestrado Acadêmico em Letras , o Núcleo de Estudos Literários Piauienses -NELIPI,NELG e Membro do Comitê Institucional de Pesquisa da UESPI, Conselho Editorial das revistas Pesquisa em Foco (UEMA) e Letras em Revista (UESPI).Membro do CLEPUL-Universidade de Lisboa. Bolsita de produtividade da UEMA.Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Feminina, História da Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: Literatura brasileira, Literatura piauiense, Literatura de autoria feminina , Literatura Africanas e Africanas de Língua Portuguesa .

Referências

ABDALA JÚNIOR, Benjamin. Literatura, História e Política: Literaturas de língua portuguesa no século XX. 2º ed.-Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2007.

BEAUVOIR, Simone de. O segundo sexo: fatos e mitos. Tradução de Sérgio Milliet. – 3.ed. – Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina, tradução Maria Helena Kühner. 9º edição, Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

CANDAU, Joël. Memória e identidade. Tradução: Maria Letícia Ferreira. – 1ª ed, SP: Contexto, 2016.
JORGE, Lídia. A costa dos murmúrios. Portugal. Dom Quixote, 15ºed. 2004
MARGATO & GOMES, Isabel, Renato. Literatura e Revolução. – Minas Gerais: Editora UFMG, 2011.

MOUTINHO, Isabel. Nós e os outros: O Vento assobiando nas Gruas da pós-colonialidade portuguesa. In: O romance português pós-25 de Abril. Org. Petar Petrov, Roma Editora, 2005.

SCHMIDT, Simone Pereira. Gênero e história no romance português: novos sujeitos na cena contemporânea – Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais/ Tomaz Tadeu da Silva (org), Stuart Hall, Kathryn Woodward – Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.
Publicado
2019-12-10