A LITERATURA COMO INSTRUMENTO DE COMPREENSÃO HUMANA:

uma discussão dialógica sobre os conceitos de silêncio, memória e identidade

Autores

Palavras-chave:

literatura, linguagem, silêncio, identidade, memória.

Resumo

Os elementos memória e identidade são indissociáveis, e quando observados por meio de uma literatura que não os silencie, surge a possibilidade e ampliação do entendimento do homem como ser individual e coletivo. A interação com o outro, estabelece nossa identidade pessoal e social, e através da linguagem, existe uma influência mútua na construção dos sujeitos. O presente artigo é resultado da leitura de produções cientificas sugeridas na disciplina Práticas de Linguagem e Ensino, do programa de mestrado em Ensino de Humanidades e Linguagens, da Universidade Federal do Acre. Através deste trabalho, será realizada uma discussão dialógica sobre os conceitos de silêncio, memória e identidade, que são objetos de uma pesquisa de mestrado em andamento, tomando como base teorias que sob determinada perspectiva, englobem esta temática. O referido estudo é bibliográfico, e tem como objetivo, estabelecer relações reflexivas sobre a compreensão da condição humana, através de sua manifestação na linguagem literária.

 

Referências

BAKHTIN, M (V.N. Volochinov). Marxismo e filosofia da linguagem. Tradução de Michel Lauch e Iara Frateschi Vieira. 6.ed. São Paulo: Editora Huritec 1992.

BOQUET, Guy. Teatro e Sociedade: Shakespeare. Ed. Perspectiva S.A. São Paulo, SP 1989.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 8ª edição. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

BLANCO, Simone Vieira Nieto Blanco. BAMBIRRA, Vera de Magalhães. A figura feminina no seringal: vozes silenciadas Revista Communitas V1, N1, (Jan-Jun) 2017

FERREIRA, Yvonélio Nery. DIAS, José Ueslei Lima Percursos do silêncio no romance leite derramado, de Chico Buarque. Revista Communitas V1, N1, (Jan-Jun) 2017

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Método II: Complementos e índice. Tradução de Ênio Paulo Giachini. Petrópolis: Vozes, 2002.

HEIDEGGER, Martin. A caminho da linguagem. Petrópolis: Vozes, 2003.

HEIDEGGER, M. Ser e tempo. Tradução, organização, nota prévia, anexos e notas de Fausto Castilho. Campinas, SP: Editora da Unicamp; Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2014.

ROCHA, Cleidson de Jesus. Discutindo identidades: o eu e o outro e a crise da racionalidade contemporânea. Revista Anthesis: V. 6, N. 11, (jan. – jul.), 2018

SANT’ANA, Joana Amélia. A importância da literatura na formação do homem - Teatro e literatura dramatizada: uma perspectiva de leitura. Curitiba, 2008.

ZILBERMAN, Regina; SILVA, Ezequiel Theodoro da. (Org.). Literatura e pedagogia: Ponto e Contraponto. Série Confrontos. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1990.

Downloads

Publicado

2021-08-02

Como Citar

SILVA, S. dos S.; NERY FERREIRA, Y. A LITERATURA COMO INSTRUMENTO DE COMPREENSÃO HUMANA:: uma discussão dialógica sobre os conceitos de silêncio, memória e identidade. Communitas, [S. l.], v. 5, n. 10, p. 272–280, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufac.br/index.php/COMMUNITAS/article/view/5054. Acesso em: 4 ago. 2021.