A RELEITURA IDEOLÓGICA ENQUANTO ATO DESMISTIFICADOR DE IMPOSIÇÕES HEGEMÔNICAS

  • Rocinete dos Santos Silva
  • Rovílio de Lima Nicácio SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ACRE

Resumo

Diante das relações ideológicas construídas historicamente, torna-se imprescindível a luta para levar o conhecimento aqueles que ainda se prendem e se rendem a uma realidade imposta colonialmente. O presente texto objetiva suscitar uma releitura sobre ideologias transpostas como “verdades incontestáveis”, alcançando dessa forma aqueles que se identificam com a resistência discursiva por meio da escrita. A pesquisa se baseou em grandes autores que dialogam teoricamente sobre as proposições temáticas, mas que o escrito se configura nas ideias de BOAVENTURA (2006) e em seu discurso de empoderamento social, pois o grande desafio é combater a uma monocultura do saber, não apenas como teoria, mas como uma prática constante no processo de estudo, de pesquisa-ação.

PALAVRAS-CHAVE: Leitura. Ideologia. Hegemonia.

Biografia do Autor

Rocinete dos Santos Silva

Assessora Pedagógica – NSEE/Ensino. Núcleo da Secretária de Educação de Cruzeiro do Sul, Acre. Mestranda em Ensino de Humanidades e Linguagens – Universidade Federal do Acre.

Rovílio de Lima Nicácio, SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ACRE

Assessor Pedagógico – NSEE/Ensino. Núcleo da Secretária de Educação de Cruzeiro do Sul, Acre. Mestrando em Ensino de Humanidades e Linguagens – Universidade Federal do Acre.

Publicado
2020-11-23