A AMAZÔNIA BRASILEIRA EM MILTON HATOUM

UMA LEITURA DE RELATO DE UM CERTO ORIENTE E DOIS IRMÃOS

  • Francisco Aquinei Timóteo Queirós Universidade Federal do Acre
  • Francielle Maria Modesto Mendes Universidade Federal do Acre
Palavras-chave: Milton Hatoum. Relato de um certo oriente. Dois irmãos. Narrativa

Resumo

O estudo centra-se na análise dos romances Relato de um certo oriente (1989) e Dois irmãos (2000), do escritor manauense Milton Hatoum. Constata-se nas obras, a subversão da paisagem que marca as narrativas sobre a Amazônia brasileira. O olhar hatouniano desloca-se dos cenários de uma “floresta amedrontadora” e do mote reiterado dos ciclos da borracha para ancorar-se na paisagem da cidade – com seus movimentos e problemáticas – tendo como fio condutor os sujeitos migrantes. Nas duas obras, o autor promove a abertura do romance amazônico para temáticas que envolvem as disputas, a memória, os dramas familiares e a prevalência de uma narrativa urbana. O artigo apoia-se nas reflexões de Homi Bhabha (2013), Roger Chartier (2002), entre outros.

Referências

BHABHA, H. K. O local da cultura. Tradução de Myriam Ávila, Eliana Lourenço, Gláucia Renate. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2013.

CANCLINI, N. G. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. 3ªed, São Paulo: USP, 2006.

CHARTIER, R. A história cultural: entre práticas e representações. Tradução Maria Manuela Galhardo. Algés, Portugal: Difel, 2002.

GURGEL, L. H. Não há literatura sem memória. Revista Na ponta do lápis. Ano IV, nº 8. AGWM Editora e produções editoriais, junho/2008. Disponível em: https://goo.gl/ R4dUxx. Acesso em 15 jan. 2017.

HARDMAN, F. F. Antigos modernistas. In: A brasilidade modernista. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

HARDMAN, F. F. A invenção da Hileia: Euclides da Cunha, a Amazônia e a literatura moderna. São Paulo: Editora UNESP, 2009.

HATOUM, M. Dois irmãos. São Paulo: Companhia das letras, 2000.

HATOUM, M. Relato de um certo oriente. São Paulo: Companhia das letras, 2008.

HATOUM, M. A cidade ilhada: contos. São Paulo: Companhia das letras, 2009.

MENDES, F. M. M. Identidades híbridas: o lugar das personagens ficcionais na obra Coronel de Barranco. 2008. Dissertação (Mestrado em Letras: Linguagem e Identidade) – Universidade Federal do Acre – UFAC, Rio Branco, 2008. Disponível em https://goo.gl/RHkmco. Acesso em 14 jan. 2017.

MENDES, F. M. M; QUEIRÓS, F. A. T.. Do inferno ao paraíso: narrativas sobre a Amazônia brasileira. Revista Igarapé. 2014. Disponível em: https://goo.gl/6oFDgz. Acesso em: 14 jan. 2017.

SILVA, J. da. Panorama da produção literária de Milton Hatoum e de sua recepção, em homenagem aos vinte anos de Relato de um certo oriente. Somanlu. ano 10, n.1, jan/jun, 2010. Disponível em: https://goo. gl/31vaAs. Acesso em 15. Jan. 2017.

Publicado
2017-06-30
Como Citar
Queirós, F. A. T., & Mendes, F. M. M. (2017). A AMAZÔNIA BRASILEIRA EM MILTON HATOUM: UMA LEITURA DE RELATO DE UM CERTO ORIENTE E DOIS IRMÃOS. Muiraquitã: Revista De Letras E Humanidades, 5(1). https://doi.org/10.29327/216343.5.1-2
Seção
ARTIGOS