O USO DO TEXTO LITERÁRIO NO ENSINO BILÍNGUE E MULTIMODAL DE PORTUGUÊS PARA CRIANÇAS SURDAS

REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE UM MATERIAL DIDÁTICO

  • Dayse Garcia Miranda Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP
  • Renato Caixeta da Silva CEFET - MG
  • Luciana Freitas CEFET - MG
Palavras-chave: Libras, PL2, Multimodalidade

Resumo

Partindo da necessidade dos alunos surdos aprenderem duas línguas distintas, simultaneamente,  Libras e  Língua Portuguesa,  neste, propõe-se  mostrar como  um texto literário em português pode ser um recurso didático de ensino para o aprendizado de língua portuguesa como L2 e ao mesmo tempo  ensino de Libras.  Objetiva-se reflexões a respeito de ensino de línguas, sobre a multimodalidade, e quanto à elaboração de material didático dentro das perspectivas da surdez, como também mostrar como imagens e as diferentes línguas, podem contribuir para que alunos surdos se tornem usuários dessas duas línguas.  Aspectos do material proposto são   discutidas em conjunto com partes do material, do mesmo modo a avaliação sobre a implementação em dois diferentes contextos. Desta forma, aponta-se a riqueza do material e a relevância da orientação de ensino para implementação do material. Por fim, argumenta-se em favor de uma pedagogia de segunda língua para surdos que seja bilíngue e multimodal.

Referências

ANN, J. Bilingualism and language contact. In: LUCAS, C. (Org.). The Sociolinguistics of Sign Languages. Cambridge: Cambridge University Press, 2004

CARVALHO, M. C. G. O papel do Inglês como primeira língua em ensino-aprendizagem de português, como segunda língua, para estrangeiros. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Letras do Centro de Teologia e Ciências Humanas, PUC-Rio, 2013

FREITAS, L. A. G. A multimodalidade no ensino de leitura e escrita na Língua Portuguesa para alunos surdos nas séries iniciais do ensino fundamental: uma proposta de material didático. Dissertação de Mestrado, Programa de Estudos Pós-Graduação em Estudos de Linguagens do CEFET-MG, Belo Horizonte, 2018.

HEMAIS, B. J. W. Práticas pedagógicas no ensino de inglês: integrando gêneros discursivos e multimodalidade. In. HEMAIS, B. J. W. (Org.). Gêneros Discursivos e Multimodalidade: desafios, reflexões e propostas no ensino de inglês. Campinas: Pontes Editores, 2015, p. 19-32.

KRESS, G. Multimodality: a Social Semiotic approach to contemporary communication. USA e Canadá: Routledge, 2010.

LEBEDEFF, T. B. Aprendendo a ler “com os olhos”: relatos de oficinas de letramento visual com professores surdos. Cadernos de Educação. FAE/PPGE/UFPel. Pelotas, maio/agosto, 2010, p. 175-195.

LEFFA, V. J. Como produzir materiais didáticos para o ensino de línguas. In. LEFFA, V. (Org.). Produção de materiais de ensino: teoria e prática. 2. ed., Pelotas. EDUCAT, 2007.

MAYBERRY, R. I. When timing is everything: Age of first-language acquisition effects on second-language learning. Applied Psycholinguistics, v. 28, n. 3, 2007, pp. 537-549.

QUADROS, R. M. Educação de surdos: a aquisição da linguagem. Porto Alegre: Artmed, 1997.

QUADROS, R. M. Educação de surdos: efeitos de modalidade e práticas pedagógicas. In: Mendes, E. G.; Almeida, M. A.; Williams, L. C. de A. (Org.). Temas em educação especial IV. São Carlos: EdUFSCar, 2004, p. 55-61.

QUADROS, R. M. O ‘bi’ em bilinguismo na educação dos surdos. Surdez e bilinguismo. 1 ed. Porto Alegre: Editora Mediação, v.1, 2005, p. 26-36.

QUADROS, R. M.; SCHMIEDT, M. L. P. Ideias para ensinar português para alunos surdos. Brasília: MEC/Seesp, 2006

PLAZA-PUZT, C. Deaf education and bilingualism. In: PFAU, R.; STEINBACH, M.; WOLL, B. (Eds.). Sign Language: An International Handbook. Berlin, Germany: De Gruyter Mouton, 2012, p. 949-979.

PEREIRA, M. C. C. O papel da língua de sinais na aquisição da escrita por estudantes surdos. Secretaria da Educação, CENP/CAPE-SP, 2009.

SÁNCHEZ, C. Os surdos, a alfabetização e a leitura: sugestões para a desmitificação do tema. Mimeo, 2002.

SERAFINI, F. Expanding perspectives for comprehending visual images in multimodal texts. In: Journal of Adolescent & Adult Literacy 54(5); International Reading Association. February, 2011, pp. 342-350.

SILVA, R. C. O uso do texto literário no livro didático de inglês elaborado a partir da abordagem comunicativa. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos – Faculdade de Letras / UFMG, 1998, 106fl.

SILVA, R. C. Livro didático de inglês: que livro é este? Discursos de produtores e usuários. 1. ed., Curitiba: Appris, 2016.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed., Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

SOARES, M. Letramento. In: Glossário Ceale – Termos de alfabetização, leitura e escrita para educadores. Belo Horizonte: CEALE/FAE/UFMG, 2015. Disponível em http://bit.ly/2QVMuiN. Acesso em 15/02/2018.

TAVIEIRA, C. e ROSADA, L. Por uma compreensão do letramento visual e seus suportes: articulando pesquisas sobre letramento, matrizes de linguagem e artefatos surdos In: Espaço, n.39, jan./jun. Rio de Janeiro, 2013, p. 27-42.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
Silva, R. C., Silva, R. C., & Freitas, L. (2019). O USO DO TEXTO LITERÁRIO NO ENSINO BILÍNGUE E MULTIMODAL DE PORTUGUÊS PARA CRIANÇAS SURDAS: REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE UM MATERIAL DIDÁTICO. Muiraquitã: Revista De Letras E Humanidades, 7(2). https://doi.org/10.29327/212070.7.2-19
Seção
DOSSIÊ