Escutar interpretações e interpretar

memórias do “Povo da Ayahuasca”

  • Gerson Rodrigues de Albuquerque Universidade Federal do Acre
Palavras-chave: Memória, Ayahuasca, Escutar

Referências

BENJAMIN, W. Magia e técnica, arte e política (Obras escolhidas, vol. I). Tradução de Sérgio Paulo Rouanet. 5ª ed., São Paulo: Editora Brasiliense, 1993.

Bosi, E. O tempo vivo da memória: ensaios de psicologia social. 2ª ed., São Paulo: Ateliê Editorial, 2003.

GLISSANT, E. Introdução a uma Poética da Diversidade. Tradução de Enilce Albergaria Rocha. Juiz de Fora: Editora da UFJF, 2005.

HAMPÂTÉ BÂ, A. Amkoullel, o menino fula. Tradução de Xina Smith de Vasconcellos. São Paulo: Pala Athena/Casa das Áfricas, 2003.

OLSON, D. R. & TORRANCE, N. Cultura escrita e oralidade. Tradução de Valter Lellis Siqueira. São Paulo: Editora Ática, 1995.

PORTELLI, A. “A filosofia e os fatos: narração, interpretação e significado nas memórias e nas fontes orais”. In: Tempo - Revista Digital de História do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro: UFF, vol.1, n.2, 1996, pp. 59-72.

SARLO, B. Tempo Passado: cultura da memória e guinada subjetiva. Tradução de Rosa Freire D’Aguiar. São Paulo: Cia das Letras; Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2007.

Publicado
2016-12-31
Como Citar
Albuquerque, G. R. de. (2016). Escutar interpretações e interpretar : memórias do “Povo da Ayahuasca”. Muiraquitã: Revista De Letras E Humanidades, 4(2). https://doi.org/10.29327/2163424.2-11
Seção
ENSAIOS