O Rio Croa

resultado de muitas vozes um lugar narrado nas perspectivas do ecoturismo

  • Pabla Alexandre Pinheiro da Silva Universidade Federal do Acre
Palavras-chave: Rio Croa, Paraíso, Discurso, Turismo, Amazônia

Resumo

O rio Croa está localizado no munícipio de Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do Acre. A riqueza de sua flora e a diversidade de sua fauna têm chamado atenção de muitos turistas do Brasil e fora dele, que buscam nesse lugar encontrar paz e espiritualidade. Este artigo se propõe a refletir sobre as notícias veiculadas no Estado do Acre através de sites que narram/representam o Rio Croa como um paraíso, lugar de encanto, de um povo gentil e com um grande potencial turístico. Ao analisar esse discurso por meio do pensamento de Bakhtin pode-se compreender como foram tecidas essas narrativas. Como o discurso foi construído a partir de nuances de uma realidade que já foi dada, fruto de uma memória discursiva e como dialogicamente, novos elementos foram sendo inseridos ao enunciado, mediante a perspectiva do turismo na região. A comunidade que vive às margens desse rio está dialogicamente inserindo novos significados, novas leituras de um lugar, revelando que a imagem edênica, já presente em algumas narrativas do “Novo Mundo” está viva e ainda povoa o imaginário da atualidade. É o antigo discurso, tecendo um novo.

Referências

ANA – Agencia de Notícias do Acre. Água escura que espelha a beleza do Acre. Disponível em http://goo.gl/RlCt7O. Acesso em 02/01/2015.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In Bakhtin, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003. p. 261-306.

CAMPOS, T. No coração do Croa. Disponível em http://goo.gl/L5Eqbz. Acesso em 02/01/2015.

CUNHA, E. À margem da História. São Paulo: Ed. Martin Claret, 2006.

JURUÁ ONLINE. Programa luz para todos chega ao Rio Croa. Disponível em http://goo.gl/vcsb9H. Acesso em 02/01/2015.

MOURA, G. Fenômeno natural deixa rio com ares de lago paradisíaco no Acre. Disponível em http://goo.gl/jg6wtu. Acesso em 02/01/2015.

PEREIRA, J. V. C. Caboclo amazônico. In Revista Brasileira de Geografia: Sumário do Número de Outubro-Dezembro de 1948, Rio Grande do Sul, Ano X, n. 4., pp.129-131,1948.

TOCANTINS, L. O rio comanda a vida: uma interpretação da Amazônia. 9ª edição. Manaus: Valer/Edições Governo do Estado do Amazonas, 2000.

YAZIGI, E. A. A alma do lugar: turismo, planejamento. São Paulo: Contexto, 2001.

UGARTE, A. S. Sertões de bárbaros: o mundo natural e as sociedades indígenas na Amazônia na visão dos cronistas ibéricos – séculos XVI/XVII. Manaus: Valer, 2009.

Publicado
2016-06-30
Como Citar
Silva, P. A. P. da. (2016). O Rio Croa: resultado de muitas vozes um lugar narrado nas perspectivas do ecoturismo. Muiraquitã: Revista De Letras E Humanidades, 4(1). https://doi.org/10.29327/216341.4.1-12
Seção
ARTIGOS