IDENTIFICAÇÃO DE CLASSES DE METABÓLITOS SECUNDÁRIOS DO EXTRATO ETANÓLICO DE Piper umbellatum L. (PIPERACEAE)

Autores

  • Laura Cristina Kloss Faculdade São Lucas
  • Alisson Martins Albino Faculdade São Lucas.
  • Rodrigo Gutierrez Souza Faculdade São Lucas.
  • Renato Abreu Lima Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Pertencente ao Laboratório de Pesquisa em Química de Produtos Naturais.

Resumo

A espécie Piper umbellatum é conhecida popularmente como caapeba ou pariparoba é típica da mata atlântica e ocorre desde a Amazônia até os estados de São Paulo e Paraná sendo empregada no tratamento de uma grande variedade de doença o que estimulou estudos farmacológicos, permitindo a descrição de ações biológicas diversas como anti-tumoral, anti-inflamatória, analgésica e fotoprotetora. O objetivo deste trabalho é estudar a P. umbellatum com a principal finalidade de extração de princípios ativos das partes áreas (inflorescência e caule). A coleta da P. umbellatum foi realizada no dia 19 de fevereiro de 2015 às margens da linha 28 de Novembro, aproximadamente 18 km da cidade de Porto Velho-RO. Após do processo de coleta, triagem, secagem, maceração e destilação, foram realizados testes fitoquímicos com o extrato etanólico, baseados em precipitação e coloração dos extratos diluídos em solução e reativos específicos para cada teste. Para as inflorescências da espécie P. umbellatum foram encontrados Alcaloides (Reagente de Mayer, Reagente de Wagner, Reagente de Dragendorff), Glicosídeos Cardiotônicos (Reagente de Lieberman, Reagente de Salkowski, Reagente de Baljet) e Triterpenos (Lierbermann-Buchard, Salkowski). Já nos caules foram encontrados Alcaloides (Reagente de Mayer, Reagente de Wagner, Reagente de Dragendorff), Glicosídeos Cardiotônicos (Reagente de Keller-Killiani, Reagente de Salkowski, Reagente de Baljet, Reagente de Raymond-Marthoud), Flavonoides, Triterpenos (Lierbermann-Buchard, Salkowski). Estes estudos preliminares realizados com os extratos brutos possibilitam o conhecimento prévio dos extratos e indicam a natureza das substâncias presentes nos preparados populares.

Biografia do Autor

Laura Cristina Kloss, Faculdade São Lucas

Estudante do Curso de Ciências Biológicas.

Alisson Martins Albino, Faculdade São Lucas.

Estudante de Ciências Biológicas.

Rodrigo Gutierrez Souza, Faculdade São Lucas.

Estudante de Ciências Biológicas.

Renato Abreu Lima, Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Pertencente ao Laboratório de Pesquisa em Química de Produtos Naturais.

Docente da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Instituto de Natureza e Cultura, Campus Benjamin Constant, AM, Brasil; Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia - Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, Rondônia, Brasil.

*E-mail: renatoabreu07@hotmail.com

Referências

LEÃO, R.B.A.; FERREIRA, M.R.C.; JARDIM, M.A.G. Levantamento de plantas de uso terapêutico no município de Santa Bárbara do Pará, Estado do Pará, Brasil. Revista Brasileira de Farmácia, v. 88, n. 1, p. 21-25, 2007.

MEDEIROS, M. F. T.; FONSECA, V. S. da; ANDREATA, R. H. P. Plantas medicinais e seus usos pelos sitiantes da Reserva Rio das Pedras, Mangaratiba, RJ, Brasil. Acta Botânica Brasílica, v.18, n.2, p.391-399, 2004.

MACIEL, M.A.M.; PINTO, A.C.; VEIGA JÚNIOR, V.E.; GRYNBERG, N.F.; ECHEVARRIA, A. Plantas medicinais: a necessidade de estudos multidisciplinares. Química Nova, v.25, p.429-438, 2002.

FELIPPE, L. G.; BALDOQUI, D. C.; KATO, M. J.; BOLZANI, V. S.; GUIMARAES, E. F.; CICARELLI, R. M. B.; FURLAN, M. Trypanocidal tetrahydrofuran lignans from Peperomia blanda. Phytochemistry, v. 69, p. 445-450, 2008.

JARAMILLO, M. A.; MANOS, P. S.; ZIMMER, E. A. Phylogenetic relationship of the perianth-less Piperales: reconstructing the evolution of floral development. Int. J. Plant. Sci.,v.165, p. 403-416, 2007.

WANKE, S.; JARAMILLO, M. A.; BORSCH, T.; SAMAIN, M. S.; QUANDT, D.; NEINHUIS, C. Evolution of Piperales – matK gene and trnK intron sequence data reveal lineage specific resolution contrast. Mol. Phylog. Evol., v. 42, p. 477-497, 2007.

QUIJANO-ABRIL, M. A.; CALLEJAS-POSADA, R.; MIRANDA-ESQUIVEL, D. R. Areas of endemism and distribution patterns for neotropical Piper species (Piperaceae). J.Biogeogr, v. 33, n. 7, p. 1266–1278, 2006.

NORIEGA, P. et al. Avaliação por análise fatorial das condições da extração do 4-nerolidilcatecol de Pothomorphe umbellata (L). Miq. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v.41, n.2, p.261-9, 2005.

FIGUEIREDO, R.A. Fenologia e ecologia da polinização de espécies de Piperaceae em mata semidecídua do sudeste brasileiro. 2007. 145p. Tese (Doutorado em Ecologia) - Instituto de Biologia, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

FIGUEIREDO, R.A.; SAZIMA, M. Pollination biology of Piperaceae species in southeastern Brazil. Annals of Botany, v.85, p.455-60, 2006.

BARROS, S. et al. Assessment of acute and subchronic oral toxicity of ethanolic extract of Pothomorphe umbellata L. Miq (Pariparoba). Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v.41, n.1, p.53-61, 2005.

DI STASI, L.C. Caapeba- Pothomorphe umbellata (L.) Miq. (Família Piperaceae): Brasileira de Respeito. Revista Racine, v.17, n.99, p.78-82, 2007.

VALADARES, M.C. et al. Protective effects of 4-nerolidylcatechol against genotoxicity induced by cyclophosphamide. Food Chemistry and Toxicology, v.45, p.1975-8, 2007.

SACOMAN, J.L. et al. Cytotoxicity and antitumoral activity of dichloromethane extract and its fractions from Pothomorphe umbellata. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v.41, p.411-5, 2008.

PERAZZO, F.F. et al. Anti-inflammatory and analgesic properties of water-ethanolic extract from Pothomorphe umbellata (Piperaceae) aerial parts. Journal of Ethnopharmacology, v.99, p.215-20, 2005.

RÖPKE, C.D. et al. Photoprotective effect of Pothomorphe umbellata root extract against ultraviolet radiation induced chronic skin damage in the hairless mouse. Clinical and Experimental Dermatology, v.30, p.272-6, 2005.

DA SILVA, V.V. et al. Photoprotective effect of Pothomorphe umbellata on UVB radiation-induced biomarkers involved in carcinogenesis of hairless mouse epidermis. Cutaneous and Ocular Toxicology, v.28, n.2, p.54-60, 2009.

RADI, P. A.; TERRONES, M. G. H. Metabólitos secundários de plantas medicinais. Revista Brasileira de Farmácia, v.20, n.2, p.18-22, 2007.

PELLETIER, S.W. ed. Alkaloids Chemical and Biological Perspectives. Willey, New York/USA, v.1, p.6, 2006.

YAMAMOTO, C.H.; DE SOUSA, O.V.; DUTRA, R.C.; PIMENTA, D.S. Estudo comparativo da composição química e da atividade biológica dos óleos essenciais das folhas de Eremanthus erythropappus (DC) McLeisch. Rev. Bras. Farm, v.89, n.2, p. 113-116, 2008.

VAZ, M.M.; MOREIRA, G. Cumarinas. Química Bacharelado. Química dos produtos naturais. Universidade Federal do Pará. Belém, 2009.

ROBERTSON, S. Que são Flavonóides? News Medical Life Sciences & Medicine. 2015. Disponível em: Acesso em : 31 ago. 2015.

BRUNETON, J. Elementos de Fitoquímica y de Farmacognosia. AS/Espanha: Ed. Acribia, p.594, 2001.

MONTEIRO, J.M.; ALBUQUERQUE, U. O.; ARAÚJO, E.L. Taninos: uma abordagem da química a ecologia. Química Nova, v.28, n.5, p.892-896, 2005.

MELLO, J. C.P.; SANTOS, S. C. Taninos. In: SIMÕES, C.M.; SCHENKEL, E. P.; GOSMANN, G.; MELLO, J. C.P.; MENTZ, L.A.; PETROVICK, P.R. Farmacognosia: da planta ao medicamento. 3.ed. Porto Alegre: Ed.UFGRS/Ed.UFSC, Cap. 24, p.517-543, 2001.

KHANBABAEE, K.; van REE, T. Tannins: Classification and Definition. Natural Product. Reports, v.18, n.6, p.641-649, 2001.

HEIL, M.; BAUMANN, B.;ANDARY, C.; LINSENMAIR, K. E; MCKEY, D. Extraction and quantification of “condensed tannins” as a measure of plant anti-herbivore defence? Revisiting an old problem. Naturwissenschaften, v.89. p.519-524, 2002.

DEWICK, P. M. Medicinal natural products: a biosynthetic approach. John Wiley & Sons Ltd, 2.ed, p.168 e 212, 2002.

PATOčKA, J. Biologically active pentacyclic triterpenes and their current medicine Signification. Journal of Applied Biomedicine, v1, p.7-12, 2003.

Downloads

Publicado

2016-12-21

Como Citar

Kloss, L. C., Albino, A. M., Souza, R. G., & Lima, R. A. (2016). IDENTIFICAÇÃO DE CLASSES DE METABÓLITOS SECUNDÁRIOS DO EXTRATO ETANÓLICO DE Piper umbellatum L. (PIPERACEAE). South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 3(2). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/468

Edição

Seção

Artigos Originais Ciências Biológicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>