A RELAÇÃO ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA: O ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL

Autores

  • Sáira Francisca Araújo Faculdade São Lucas.
  • Renato Abreu Lima Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Pertencente ao Laboratório de Pesquisa em Química de Produtos Naturais.

Resumo

O presente artigo foi desenvolvido a fim de analisar a importância do Estágio Supervisionado em Ciências Naturais no Ensino Fundamental no processo de formação do profissional docente, o desenvolvimento da experiência prática aliada aos conhecimentos teóricos realizado na área educacional, dentro da graduação de Ciências Biológicas. A finalidade da prática de Estágio Supervisionado é a de desenvolver em cada estudante dos cursos de licenciaturas não apenas a compreensão das teorias estudadas durante a graduação, mas também sua aplicabilidade e a reflexão sobre a prática que se inicia neste momento, instrumentalizando o professor em formação para a transformação da sociedade e a contribuição para a construção da cidadania pelos seus estudantes. O Estágio Supervisionado se inicia pela observação exploratória que permite ao estagiário fazer uma caracterização da escola da sua estrutura, organização e funcionamento, analisando também a forma pedagógica do professor com a turma No processo do Estágio Supervisionado em Ciências Naturais é realizado o Sarau de forma teatral, que é uma atividade expressiva, que tem como objetivo estimular o desenvolvimento pedagógico, o tema foi relacionado ao impacto ambiental, que apresentou uma abordagem relativa às ações humanas, que agride o meio ambiente. Para conclusão do estágio e necessário a regência, que é um dos mais significativos, onde o acadêmico coloca em prática os pontos positivos de suas observações, o domínio do conteúdo ministrado, a interação com a sala de aula. O Estágio Supervisionado, na formação dos professores de Ciências Naturais, pretende formar um profissional crítico, que incorpore as vivências e conhecimentos com a realidade escolar.

Biografia do Autor

Sáira Francisca Araújo, Faculdade São Lucas.

Acadêmica de Ciências Biológicas.

Renato Abreu Lima, Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Pertencente ao Laboratório de Pesquisa em Química de Produtos Naturais.

Biólogo, Pós-Graduado em Gestão Ambiental, Mestre em Meio Ambiente e Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia pela UFAM.

Referências

REFERÊNCIAS

BIANCHI, A. C. M. Orientações para o Estágio em Licenciatura. Secretaria da Educação. São Paulo, 2005.

MENDES, R.; MUNFORD, D. Dialogando saberes- Pesquisa e Prática de Ensino na formação de Professores de Ciências e Biologia. In: Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, São Paulo, 2005.

CURY, A.M. Pais brilhantes, professores fascinantes. A educação inteligente formando jovens educadores e felizes. São Paulo, 2003.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e terra, 1997.

CARVALHO, P.M.A. A influência das mudanças da legislação dos professores: Às 300 horas de estágio supervisionado. Ciência & Educação, v.7, p.113-122, 2001.

PIMENTA, S.G. O estágio na formação de professores. Unidade, teoria e prática. São Paulo, 1997.

MARANDINO, N.N.S. A Prática de Ensino de Biologia na Universidade Federal de Uberlândia: Uma Contribuição para a Formação Didático-Pedagógica do Biólogo. Educação e Filosofia, v. 12, p. 159-168, 2003.

MOREIRA, J.A. Avaliação dos significados atribuídos pelos estagiários à metodologia e Prática de Ensino de Biologia. Práxis Educativa, v.2, n.2, p.131-144, 2001.

GARCIA, J.E.D. As licenciaturas e as novas políticas educacionais para a formação docente. Educação & Sociedade, v.9, p.109-125, 1998.

CARVALHO, L.M.C. Pensando a licenciatura na UNESP. Nuances: estudos sobre educação, Presidente Prudente, v.12, p. 211-232, 2000.

BAKHTIS, A.F. O início da carreira profissional de jovens professores de Ciências. Revista de Educação, v.10, p.31-46, 2000.

Downloads

Publicado

2016-12-21

Como Citar

Araújo, S. F., & Lima, R. A. (2016). A RELAÇÃO ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA: O ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 3(2). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/430

Edição

Seção

Artigos Originais Ciências Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

> >>