ESTUDOS EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

a importância das revisões sistematizadas

Autores

  • Luiza Medeiros Instituto Federal de Educação, Profissional e Tecnológico Goiano https://orcid.org/0000-0002-9049-0167
  • Vanessa de Jesus Rocha Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos; Estado do conhecimento; Estudos de revisão.

Resumo

O objetivo desse artigo é identificar e analisar as publicações na modalidade de ensino Educação de Jovens e Adultos – EJA contemplando os anos de 2011 a 2020, por meio de uma revisão da literatura guiada pelas seguintes questões: quais temáticas têm sido objeto de investigação na EJA? A formação dos professores da EJA destaca-se nos anos avaliados? A busca foi realizada nas bases de dados Scielo a partir dos descritores educação de jovens e adultos; educacão de jovens e adultos; EJA; eja. Nessa etapa levantou-se 57 artigos. Em seguida realizou-se a análise dos artigos buscando identificar a temática investigada e posterior categorização dos temas.  Conclui-se que a Eja constitui uma profícua área de pesquisa e produção do conhecimento, as pesquisas enfatizam de forma mais proeminente contribuições na prática pedagógica e de cunho social para a EJA.  Algumas lacunas de temas foram observadas tais como a juvenilização do público ingressante, os idosos na EJA e a violência de gênero.

Referências

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação: Lei nº 9.394, de 24 de dez.1996. Estabelece as diretrizes de base da educação nacional. Brasília.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação: Lei nº 5. 692, de 11 de agosto de 1971. Estabelece as diretrizes de base da educação para o ensino de 1º e 2º graus.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.

BARCELOS, Luciana Bandeira. O que é qualidade na educação de jovens e adultos. EDUCAÇÃO & REALIDADE. Porto Alegre, v. 39, n. 2, p. 487-509, abr./jun. 2014.

CASARIN, Sidneia Tessmer.; PORTO, Adrize Rutz.; GABATZ, Ruth Imgard Bartschi.; BONOW, CA.; RIBEIRO Juliana Portela.; MOTA Marina Soares. Tipos de revisão de literatura: considerações das editoras do Journal of Nursing and Health. J. nurs. health. 2020; 10(n.esp.).

CAMARGO, Poliana da Silva Almeida Santos. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE DOCENTES DA EJA: afetividade e formação docente. Educ. Real. [online]. 2017, vol.42, n.4 [cited 2021-03-09], pp.1567-1589.

CRUZ, Antônio Carlos dos Santos. EJA: A Formação Docente e seus Desafios na Preparação do Aluno para o Mundo Moderno. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 03, Ed. 03, Vol. 01, pp 5-17, Março 2018. ISSN: 2448-0959. Disponível: < https://www.nucleodoconhecimento.com.br/ > Acesso em: 04. nov. 2020.

DI PIERRO, M. Balanço e Desafios das Políticas Públicas de Educação de Jovens e Adultos no Brasil. In Soares, L. et al. (Org.). Coleção Didática e prática de Ensino: Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

FREITAS, katia Pinheiro; PIRES, Lourdes Helena. Reflexão e Análise da Formação de Educadores de Jovens e Adultos do Campo. Educação e Realidade. 2015.

GALVÃO, Ana Maria de Oliveira.; SOARES Leôncio. História da alfabetização de adultos no Brasil. Belo Horizonte: Autentica, 2010.

MOTTA, Paulo Roberto. TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL: a teoria e prática de renovar. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2000.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As Pesquisas Denominadas do Tipo "Estado da Arte" em Educação. Revista Diálogo Educacional. vol. 6, núm. 19, septiembre‐ diciembre, 2006, pp. 37‐50, Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Brasil.

RODRIGUES, Rosângela Schwarz and FACHIN, Gleisy Regina Bories. Portal de periódicos científicos: um trabalho multidisciplinar. Transinformação [online]. 2010, vol.22, n.1 [cited 2021-03-23], pp.33-45.

SOARES, Leôncio. O EDUCADOR DE JOVENS E ADULTOS EM FORMAÇÃO. Caxambu: 29ª Reunião Anual da ANPED, 2006.

SANTOS, Carla Liane Nascimento dos.; DANTAS, Tânia Regina. Processos de Afrobetização e Letramento de (Re) Existências na Educação de Jovens e Adultos. Educ. Real. [online]. 2020, vol.45, n.1.

VOSGERAU, Dilmeire Sant´Anna Ramos; ROMANOWSKI, Joana Paulin. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 14, n. 41, p. 165-189, jan./abr. 2014.

VIEIRA, M.C. Fundamentos históricos, políticos e sociais da educação de jovens e adultos – Volume I: aspectos históricos da educação de jovens e adultos no Brasil. Universidade de Brasília, Brasília, 2004.

Downloads

Publicado

2021-09-29

Como Citar

MEDEIROS, L.; SANTOS, V. ESTUDOS EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: a importância das revisões sistematizadas . Communitas, [S. l.], v. 5, n. 11, p. 173–187, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufac.br/index.php/COMMUNITAS/article/view/5283. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Temático