<b>ENTRELAÇANDO (RE) INVENÇÃO, APRENDIZAGEM E VIDA NO PROCESSO DE FORMAR-SE DOCENTE

  • Sandro Tiago da Silva Figueira SMERJ - Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Aprendizagem docente, Inserção profissional, Narrativas

Resumo

No presente texto busco entrecruzar os caminhos formativos por mim percorridos com o intuito de clarificar aprendizagens, reaprendizagens, construções e desconstruções realizadas ao caminhar, entendendo que os itinerários pelos quais passei mergulham-me em um processo de devir pessoal e profissional num movimento permanente de fortalecimento profissional. Assumimos a concepção da formação docente, seja inicial ou continuada, enquanto devir por comungarmos com as ideias de Paulo Freire sobre o inacabamento do ser humano, uma vez que somos seres por fazer-se com o mundo, com os outros e consigo próprios abarcando desenvolvimentos nas esferas intelectual, social, pessoal e profissional. Concluímos que pensar sobre o aprender a viver a docência a partir das trajetórias pessoais e profissionais docentes descortinam reflexões de conhecer como se conhece e com Maturana e Varela assumimos que está é a oportunidade que temos de descobrir nossas cegueiras e de reconhecer que as certezas e os conhecimentos dos outros são, respectivamente, tão nebulosos e tênues quanto os nossos.

Biografia do Autor

Sandro Tiago da Silva Figueira, SMERJ - Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro
Doutor em Ciências (FIOCRUZ, 2017) na área de concentração Ensino formal em Biociências e Saúde. Mestre em Educação pelo PPG-EDU Processos Formativos e Desigualdades Sociais(UERJ, 2012). Licenciado em Pedagogia pela Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2008).Atualmente é docente do Programa de Educação de Jovens e Adultos na rede pública municipal do Rio de Janeiro. Integra o grupo de pesquisa Formação de professores, processos e práticas pedagógicas (CNPq). Seus estudos têm como área de concentração formação de professores e práticas pedagógicas, atuando principalmente nos seguintes temas: formação continuada de professores, inserção profissional docente, desenvolvimento profissional e ensino-aprendizagem em Ciências.

Referências

FONTOURA, H. A. Percursos de formação e experiências docentes: um estudo com egressos do curso de Pedagogia da Faculdade de Formação de Professores da UERJ. In:FONTOURA, H. A. Residência pedagógica: percursos de formação e experiências docentes na Faculdade de Formação de Professores da UERJ. Niterói: Intertexto, 2011

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GADOTTI, M. Boniteza de um sonho: ensinar-e-aprender com sentido. São Paulo: Editora e livraria Paulo Freire, 2011.

LARROSA, J. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, n. 19, p. 20-28, 2002

MATURANA, H. R.; VARELA, F. A árvore do conhecimento: as bases biológicas do entendimento humano. Campinas, SP: Psy II, 1995.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicolleti et. al. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Carlos: EDUFSCar, 2002.

SOARES, M. Letramento, um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica , 2000.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

Publicado
2018-06-02