O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • A declaração de concordância de submissão foi assinada por todos os autores?

Diretrizes para Autores

Diretrizes para autores

Como parte do processo de submissão, os autores devem verificar a conformidade de seu trabalho com as normas da Revista Uáquiri, listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas poderão ser devolvidas aos autores.

A revista UÁQUIRI é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGGeo) da Universidade Federal do Acre (Ufac). Trata-se de uma ferramenta de divulgação dos resultados de pesquisa sobre a produção do espaço geográfico e estudos temáticos que envolvam a região amazônica e discussões teórico-metodológicas geográficas. É uma revista eletrônica semestral, destinada à divulgação de artigos científicos, resenhas e relatos de experiência.

 

  1. Políticas de submissão

 A Revista UÁQUIRI aceita para publicação trabalhos de pesquisa com significante contribuição científica. Por isso, entende-se que:

  • O desenvolvimento do artigo deve ser consistente, embasado em princípios de construção científica do conhecimento. Pelo menos um dos autores deve ser aluno de mestrado, ou ter o titulo de mestre ou doutor.
  • O texto deve ser embasado em um referencial teórico-conceitual pertinente e atualizado;
  • Afirmações, opiniões e conceitos expressados nos artigos são de responsabilidade dos autores;
  • Todos os artigos serão submetidos à Comissão Editorial da revista e avaliação dos pares;
  • Deverá constar abaixo da filiação dos autores, e-mail do autor correspondente, indicado por asterisco, para encaminhamento de correspondências pela Comissão Editorial.

 

  1. Critérios para publicação

O autor deve assegurar que:

  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão em formato Microsoft Word, com no maximo 6 mb.
  • URLs e DOI para as referências foram informadas quando possível.
  • Ao enviar texto para a publicação, o autor estará autorizando que seu trabalho seja reproduzido pela revista tanto em publicação imediata como posterior, e sempre será respeitado o direito autoral.
  • Preenchimento e assinatura da declaração de concordância pelos autores. Modelo de declaração.

 

  1. Tipos de documentos aceitos para publicação

Podem ser de carater teóricos geográficos, embasados em pesquisa bibliográfica, propondo novos modelos e Interpretações de fatos relevantes para a comunidade acadêmica; ou de embasamento empírico, cientifico e experimental, baseando-se em pesquisas metodologicamente fundamentadas, criteriosamente conduzidas e adequadamente analisadas. Os artigos devem apresentar de 12 a 20 Laudas. Você pode usar o Template do artigo

As resenhas são formas mais livres de contribuição científica sobre obras de grandes interesses geográficas. Devem ser caracterizadas por abordagens críticas e, por vezes, criativas, levando os leitores à reflexão sobre a obra resenhada. As resenhas devem apresentar de 3 a 8 Laudas.

Os relatos de experiências, também são formas mais livres de contribuição científica, podendo abordar analise de atividades de campo e, até a publicação de dados preliminares em forma de nota técnica. Os relatos de experiências devem apresentar de 5 a 12 laudas.

 

  1. O processo de avaliação consta de três etapas:
  • Avaliação preliminar pelo Conselho Editorial, que examina a adequação do trabalho à linha editorial da revista e área temática;
  • Encaminhamento ao Conselho Científico da revista para aval de publicação. Aqui é feita a avaliação por pares, que consiste em uma análise efetuada por pareceristas ad hoc, cuja área de atuação coincida com o tema de pesquisa abordado pelo trabalho a ser avaliado.
  • Revisão gramatical e ortográfica, bem como bibliográfica.

 

  1. Critérios a serem considerados para avaliação:
  • Qualidade da redação e domínio da língua;
  • Qualidade no conteúdo geográfico apresentado: clareza na exposição das ideias, articulação entre as proposições, explicações claras para o leitor;
  • Referencial teórico-conceitual: deve ser atualizada e refletir o conhecimento na área geográfica. Em caso de artigos, será exigida o mínimo de 10 referencias, dos quais 50% sejam embasadas em periódicos indexados, com menos de 8 anos de publicação.
  • Estrutura mínima do artigo: Resumo em 3 idiomas (Português, inglês e espanhol ou francês), introdução/apresentação; fundamentação teórica e desenvolvimento ou materiais e métodos ou metodologia; resultados; discussão; considerações finais ou conclusões;
  • Tema: deve ser relevante e pertinente ao contexto abordado, ao momento e à pesquisa desenvolvida;

 

  1. Tipo de arquivo e formatação básica
  • Envio on-line em formato A4;
  • Editor de texto: Word for Windows;
  • Margens superior e esquerda: 3 cm, margens inferior e direita: 2 cm;
  • Fonte do corpo principal: Times New Roman 12;
  • Espaçamento entre linhas: 1,5;
  • Alinhamento justificado.

 

7.1. Figuras

As figuras (gráficos, desenhos, mapas, fotos, fluxogramas, etc.) devem ser limitadas ao mínimo indispensável, identificadas e numeradas em algarismo arábico na parte superior, preferencialmente de autoria própria. Caso seja de fonte secundaria, o autor deverá apresentar autorização de uso da ilustração.

 

7.2. Numeração de tabelas

As tabelas (tabelas e gráficos) deverão ser numeradas consecutivamente em algarismos arábicos, na parte superior, com legenda.

 

7.3. Referências

Devem ser citadas no corpo do texto com indicação do sobrenome e ano: Ao final do texto referenciado (SILVA, 2019; SANTOS e SILVA, 2019; SANTOS et al, 2019), ou Silva (2019), Santos e Silva (2019), Santos et al (2019), quando a citação compõe a redação do texto. Em caso de citação direta o autor deverá realizar o recuo de 5 cm, escrita em tamanho 10 e indicar na citação a página da obra de onde tirou a citação direta. 

As referências bibliográficas completas deverão ser apresentadas em ordem alfabética no final do texto, de acordo com as normas da ABNT (NBR-6023).

 

  1. Sugestão de formatação do artigo

Identificação do artigo

  • Título do artigo em português: maiúscula e negrito; Time New Roman; tamanho 14; parágrafo centralizado.
  • Título do artigo em língua estrangeira inglês e espanhol ou francês; maiúscula; itálico; Time New Roman; 10; parágrafo centralizado
  • Nome do(s) autor(es) titulação, filiação institucional, cidade, estado, país, uso do ORCID é recomendado e e-mail do autor correspondente. (Os artigos poderão ter até 6 autores)
  • Colocar o nome completo do autor (Time New Roman 12, parágrafo centralizado).
  • Indicar, logo abaixo do nome do autor, a titulação, afiliação e cargos (Time New Roman 10, parágrafo centralizado).

 

  • Resumo

O resumo é uma descrição concisa da totalidade do artigo destacando os pontos relevantes e conclusões da pesquisa apresentado, limitando-se ao máximo de 500 palavras. Deve ser escrito um parágrafo contínuo, se a marca do parágrafo, fonte Times New Roman, tamanho 10, espaçamento simples, alinhamento justificado, sem recuo.

Palavras-chave: De três a cinco palavras, Times New Roman 10, espaçamento simples, justificado, separadas entre si por ponto e vírgula e finalizando também por ponto.

IMPORTANTE: Tanto o Título, resumo como as palavras-chave devem constar no artigo em português e em duas línguas estrangeiras, sendo obrigatoriamente o inglês e um terceira língua: espanhol ou francês.

 

Corpo do texto

Introdução: Trata-se da parte inicial do artigo, na qual deve constar uma breve revisão bibliográfica sobre o tema central do assunto tratado. A introdução deve ser concisa e escrita no tempo passado e não conter subseções. Os artigos referenciados, considerados importantes na área de estudo do manuscrito, devem auxiliar o enquadramento ao problema/investigação. O objetivo da introdução é apresentar e motivar a leitura do artigo, constando na primeira frase/parágrafo os elementos principais abordados. O último parágrafo deve descrever o objetivo do trabalho.

Fundamentação teórica: Recomenda-se a inserção desse subtítulo aos artigos de cunho teóricos, de forma a diferenciar a revisão teórica da introdução.

Metodologia e/ou métodos: O principal objetivo desta seção é descrever de maneira detalhada, clara e completa, os procedimentos ou metodologia e/ou métodos usados durante a investigação, de modo que esta possa ser replicada por outros investigadores. Esta seção deve ser escrita no passado, uma vez que se trata de atividades realizadas.

É importante descrever em ordem cronológica, atentando-se para a identificação do objeto da pesquisa, local, sujeitos, materiais, técnicas, tempo, atividades e produtos (portfólio escrito, vídeo, jogos etc.) obtidos e método estatístico aplicado à pesquisa.

Em caso de artigos teoricos ou de revisão de literatura, recorda-se que a inserção de embasamento teórico, justificando a metodologia adotada.

Nesta seção pode ocorrer a necessidade de subseções. Assim, os subtítulos devem ser escritos negrito, Times New Roman 12, com a primeira letra da palavra maiúscula e as demais minúsculas, exceto nos casos em que seja obrigatório o uso da letra maiúscula.

 Resultados e discussões (Podem ser apresentados juntos ou separados): Apresentar os resultados obtidos da pesquisa ou relatos de experiência de forma descritiva e/ou gráfica. Podem existir várias subseções, que serão identificadas conforme a exposição da ideia do(s) autor(es). Assim, os subtítulos devem ser escritos negrito, Times New Roman 12, com a primeira letra da palavra maiúscula e as demais minúsculas, exceto nos casos em que seja obrigatório o uso da letra maiúscula.

 Considerações finais ou conclusões: Esta seção não deve apresentar subseções. O manuscrito deverá ser finalizado com os entendimentos definitivos a que chegou o autor ou autores sobre o assunto exposto. Também poderão ser apresentadas recomendações, propostas para estudos futuros ou outras questões pertinentes.

 Agradecimentos: Os agradecimentos não são obrigatórios, porem recomendados para fortalecimentos de parcerias com outras instituições e ou fontes financiadoras. Caso queira agradecer a uma pessoa ou instituição, o autor ou os autores do manuscrito deve(m) expressar o motivo do agradecimento.

 Referências: As referências devem ser em ordem alfabética, sem subdivisão, justificadas, espaçamento simples, em Times New Roman 12, um espaço entre as referências, deve-se mencionar todos os autores do trabalho. O uso do DOI é recomendado e valorizado.

Exemplos de formas de escrever as referências é apresentado a seguir:

  • Periódicos (Exemplo de referência)

LANDINI, G.  Operadores Morfológicos para ImageJ. (2006). Disponível em: <http://www.mecourse.com/landinig/software/software.html>. Acessado em: 18 jun. 2019.

 

Serrano, R. O. P.; Santos, P. L. P.; Viana, E. M. de F.; Pinto, M. A.; Martinez, C. B. Case study: Effects of sediment concentration on the wear of fluvial water pump impellers on Brazil's Acre River. Wear, v. 408-409, p. 131-137, 2018. https://doi.org/10.1016/j.wear.2018.04.018.

 

  • Autor Entidade (Exemplo de referência)

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: citações em documentos: apresentação. Rio de Janeiro, 2002.

 

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Catálogo de teses da Universidade de São Paulo, 1992. São Paulo, 1993. 467 p.

 

  • Publicações em Eventos (Exemplo de referência)

PIMENTEL, A. S. ; LIMA, Y. M. S. de ; LIMA, K. D. de J. V. ; SERRANO, R. O. P. ; Arcos, F. O.  Uso da geotecnologia na análise ambiental das APP’s urbanas de Rio Branco -AC. In: XVII Encontro Nacional de Geógrafos - XVII ENG, 8 p., 2012, Anais... Belo Horizonte: Universidade Federal de Belo Horizonte, 2012. 8p.

 

  • Livros (Exemplo de referência)

Callister Jr, W.D. (2002). Ciência e Engenharia de Materiais: Uma Introdução, 5ª ed., rev., LTC, 578 pp., Rio de Janeiro, 2002.

 

LUCK, H. Liderança em gestão escolar. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2010. 165 p., 4 v.

 

  • Capítulo de Livro (Exemplo de referência)

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Características da investigação qualitativa. In: BOGDAN, R.; BIKLEN, S. (Ed.). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto, 1994. p. 47-51.

 

  • Trabalhos da Internet (Exemplo de referência)

ALVES, C.  Navio negreiro. Virtual Books, 2000. Disponível em: http://www.terra.com.br/virtualbooks/freebook/port/Lport2/navionegreiro.htm. Acesso em: 10 jan. 2002.

 

  • Monografia, Dissertação e Tese (Exemplo de referência)

AZOLINI, L. C. O estágio supervisionado na formação do professor de educação física: um estudo autorreferente de um estudante da ESEF da UFRGS no ano de 2012. 2012. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação Física) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

 

  • Legislação (Exemplo de referência)

BRASIL. Lei n. 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 139, n. 8, p. 1-74, 2002.

Artigos

Trabalhos embasados em pesquisas metodologicamente fundamentadas, criteriosamente
conduzidas e adequadamente analisadas ou artigos de desenvolvimento embasados em pesquisa bibliográfica, propondo novos modelos e interpretações de fatos relevantes para a comunidade acadêmica. 

Resenhas

Formas mais livres de contribuição científica. Devem ser caracterizadas por abordagens
críticas e, por vezes, criativas, levando os leitores à reflexão sobre temas relevantes na área de conhecimento.

Relatos de experiências

São formas mais livres de contribuição científica. Devem ser caracterizados por abordagenscríticas e, por vezes, criativas, levando os leitores à reflexão sobre temas relevantes na área de conhecimento.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.