O DISCURSO DAS ROUPAS: UMA ANÁLISE ACERCA DO ETHOS TRANSMITIDO PELAS ROUPAS DOS PERSONAGENS DO EPISÓDIO “NOSEDIVE”, DA SÉRIE BLACK MIRROR

  • Kelly Mayrink Drumond Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG)
Palavras-chave: Ethos, roupas, Nosedive, Black Mirror

Resumo

Manifesta-se pela escolha das roupas a tendência para pertencer, ou querer ser considerado como pertencente, a uma determinada categoria ou tipologia social. No episódio “Nosedive” (Queda Livre), exibido na série britânica Black Mirror, a indumentária se apresenta dotada de intencionalidades comunicativas. Trata-se da construção de uma autoimagem, uma encenação da imagem do enunciador. Partindo dos dispositivos teóricos da Análise do Discurso, o presente artigo tem como objetivo refletir sobre a prática discursiva não verbal intrínseca às roupas e investigar o ethos transmitido pelos personagens do episódio acima citado.  A análise será feita considerando, principalmente, os postulados de Amossy (2008) e Maingueneau (2008, 2011).

Referências

AMOSSY, Ruth (Org.). Imagens de Si no Discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2008.
BARTHES, Roland. Sistema da Moda. São Paulo: Martins Fontes, 2009.
BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e Simulação. Tradução Maria João da Costa Pereira. Relógio d'água editora, 1991.
BEZERRA, Arthur Coelho. Os reflexos do grande irmão no admirável espelho novo de
Black Mirror. 2011, Rio de Janeiro - RJ. Disponível em:
. Acesso em:
18/08/2018.
BROOKER, Charlie. Nosedive, Black Mirror. 2016.
CHARAUDEAU, P. & MAINGUENEAU, D. Dicionário de análise do discurso. São Paulo: Contexto, 2004.
CHARAUDEAU, Patrick. Discurso Político. Tradução Fabiana Komesu e Dilson Ferreira da Cruz. São Paulo: Contexto, 2008.
ECO, Umberto. O hábito fala pelo monge, in Psicologia do Vestir. 2. ed. Lisboa: Assírio e Alvim, 1982.
FIORINDO, P. P. Ethos: um percurso do Retórica à Análise do Discurso. Revista Pandora Brasil: O ethos nos estudos discursivos da ciência da linguagem. 2012.
HEINE, Palmira Virgínia Bahia. Processos de construção do Ethos em blogs de pré-universitários e universitários. Rio de Janeiro: Publit, 2009.
MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. 4ª ed. São Paulo: Cortez, 2005.
MAINGUENEAU, D. Cenas da enunciação. Trad. Sírio Possenti (Orgs. Sírio Possenti e Maria Cecília Pérez de Souza-e-Silva). Curitiba: Criar, 2006.
MAINGUENEAU, D. Ethos, cenografia, incorporação. In AMOSSY, Ruth (Org). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2008.
MAINGUENEAU, D. A propósito do ethos. In: MOTTA, Ana Raquel; SALGADO, Luciana (Org.). Ethos discursivo. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2011.
Publicado
2020-12-29
Seção
Artigos