TEXTO ESCRITO: O LUGAR ONDE FILOLOGIA E LINGUÍSTICA DIALOGAM

Autores

  • Profa. Dra. Antonieta Buriti de Souza HOSOKAWA Universidade Federal da Paraíba, Mamanguape, Paraíba, Brasil. Departamento de Letras (CCAE); Grupo de Estudos Filológicos em Sergipe – GEFES-CNPq
  • Profa. Dra. Renata Ferreira Costa Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, Sergipe, Brasil. Departamento de Letras Vernáculas (DLEV); Grupo de Estudos Filológicos em Sergipe – GEFES-CNPq

Palavras-chave:

Linguistica, Filologia

Biografia do Autor

Profa. Dra. Antonieta Buriti de Souza HOSOKAWA, Universidade Federal da Paraíba, Mamanguape, Paraíba, Brasil. Departamento de Letras (CCAE); Grupo de Estudos Filológicos em Sergipe – GEFES-CNPq

Professora da Carreira do Magistério Superior, Classe "E", denominação Titular, nível 01, pela Universidade Federal do Acre. Possui mestrado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (1998) , doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo (2007) e Pós-doutorado pela Universidade de São Paulo (2018). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Filologia Românica, Língua Latina e Linguística Histórica. Atuando principalmente nos seguintes temas: léxico, língua portuguesa, Morfologia, Língua e variação. Atualmente está lotada no Campus IV da Universidade Federal da Paraíba - UFPB.

Profa. Dra. Renata Ferreira Costa, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, Sergipe, Brasil. Departamento de Letras Vernáculas (DLEV); Grupo de Estudos Filológicos em Sergipe – GEFES-CNPq

Professora do Departamento de Letras Vernáculas, do Mestrado Profissional em Letras e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Sergipe. Graduada em Letras Português/ Espanhol, mestre e doutora em Letras pela Universidade de São Paulo, área de concentração Filologia e Língua Portuguesa. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Filologia Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: filologia, crítica textual, crítica de fontes, linguística histórica, história da língua portuguesa, apropriação de fontes textuais, plágio, letramento acadêmico, história sociocultural da escrita, práticas sociais de escrita e memória histórica e cultural. Tem interesse também em práticas de leitura e escrita e ensino/ aprendizagem de português e de espanhol como línguas estrangeiras.

Referências

ABBADE, Celina Márcia de Souza. Filologia e o Estudo do Léxico. Cadernos do CNLF, Série X, p. 716-721, 2008. Disponível em: http://www.filologia.org.br/ileel/artigos/artigo_244.pdf. Acesso em: 05 jul. 2021.

ABBADE, Celina Márcia de Souza. A teoria dos campos lexicais. In: ALMEIDA, A. A. D.; SANTOS, E. S.; SOLEDADE, J. Saberes lexicais: mundos, mentes e usos. Salvador: EDUFBA, 2015.

ALBERTI, Janaina Ramos. Neologia lexical: um estudo da fala e da vida de bilingues fala dialetal italiana (RCI-RS). Dissertação (Mestrado em Letras e Cultura Regional) - Universidade de Caxias do Sul. Caxias do Sul-RS, 2005.129 p.

BASSETTO, Bruno Fregni. Elementos de Filologia Românica. 2. ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005.

BIDERMAN, Maria Tereza C. As ciências do léxico. In: OLIVEIRA, Ana M. P. P. de O.; ISQUERDO, Aparecida N. (Orgs.). As ciências do léxico. 2. ed. Campo Grande: UFMS, 2001a. p.13-31.

BIDERMAN, Maria Tereza C. Teoria lingüística: leitura e crítica. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001b.

CASTRO, Ivo. Enquanto os escritores escreverem... In: Atas do IX Congresso Internacional da Associação de Linguística e Filologia da América Latina. Vol. I (Conferências Plenárias). Campinas: UNICAMP, 1992.

COSERIU, Eugenio. Objeto de la Lingüística. Introducción a la Lingüística. México: Universidad Nacional Autónoma de México, 1983. p. 7-12.

DARMESTER, A. La vie des mots étudiés dans leurs significations. 19. ed. Paris: Delagrave, 1937.

DICIONÁRIO Priberam da Língua Portuguesa. [s.l., s.n.]. [20--]. Disponível em: https://www.priberam.pt/dlpo/Defaut.aspx. Acesso em: 27 dez. 2020.

ELIA, Sílvio. Preparação à Linguística Românica. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1974.

GENOUVRIER, E.; PEYTARD, J. Linguística e ensino do português. Coimbra: Livraria Almedina, 1973.

MARTINS, Ceila M. F. B. R. Sobre o Retorno à Filologia. Disponível em: http://www.filologia.org.br/viicnlf/anais/caderno10-16.html. Acesso em: 05 jul. 2021.

PONS RODRÍGUEZ, Lola. Introducción: la historia de la lengua y la história de las transmisiones textuales. In: PONS RODRÍGUEZ, Lola. (Ed.). Historia de la lengua y crítica textual. Madrid/ Frankfurt: Iberoamericana/ Vervuert, 2006. p. 9-17.

SILVA, Maximiano de Carvalho e. A Palavra Filologia e as suas Diversas Acepções: os problemas da polissemia. Confluência – Revista do Instituto e Língua Portuguesa, n. 23, 1º sem. 2002, Rio de Janeiro, p. 53-70.

SPINA, Segismundo. Introdução à Edótica: Crítica Textual. 2. ed. rev. atual. São Paulo: Ars Poética/ Edusp, 1994.

Downloads

Publicado

2021-07-09