A FORMAÇÃO DA NORMALISTA RURAL EM PELOTAS-RS (1955-1971)

Autores

Resumo

No Brasil, a política nacional de formação de professoras rurais tinha como base teórica os princípios dos defensores do Ruralismo Pedagógico, que defendiam uma formação educacional específica para a educação rural com intuito de tirar o país do atraso científico e conter o êxodo rural. Nesse sentido, o presente artigo visa analisar o currículo para a formação de professoras rurais na cidade de Pelotas-RS, entre os anos de 1955 e 1971, tendo como locus de investigação a Escola Normal Regional Imaculada Conceição que funcionou no município de Pelotas-RS durante tais anos e foi administrada pela Igreja Católica. Utiliza-se como fontes, relatórios, atas, regimentos e entrevistas realizadas com ex-alunas da escola. Concluiu-se que, diferente dos anseios dos ruralistas, a formação prática rural não era o foco desta escola, mas sim um currículo propedêutico, científico e cristão.

Biografia do Autor

Magda de Abreu Vicente, Universidade Federal de Rio Grande

Professora da Fundação Universidade Federal de Rio Grande-Furg, Adjunta A, Classe A, Dedicação Exclusiva, Instituto de Educação. Trabalha, principalmente, com as disciplinas de Políticas Públicas e Metodologia da Pesquisa. Trabalhou como professora substituta na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas ministrando as disciplinas de Educação Brasileira e Políticas Públicas da Educação (EBOPP), Teoria e Prática Pedagógica e Estágio de Gestão Escolar. Foi concursada da Prefeitura Municipal de Pelotas como docente na disciplina de História. É Doutora em Educação na área de História e Filosofia da Educação. É Mestre em História e Filosofia da Educação na Universidade Federal de Pelotas onde foi bolsista CNPQ; possui especialização em História do Brasil pela Universidade Federal de Pelotas e Graduação em História pela mesma instituição onde foi bolsista da UFPEL. Está atuando principalmente nos temas de História e Filosofia da Educação com ênfase no estudo dos Patronatos Agrícolas no Brasil e no estudo sobre Educação Rural, ensino primário rural e formação de professores rurais. Atua também na área de políticas públicas educacionais.

Downloads

Publicado

2020-08-04

Como Citar

Vicente, M. de A. (2020). A FORMAÇÃO DA NORMALISTA RURAL EM PELOTAS-RS (1955-1971). MUIRAQUITÃ - REVISTA DE LETRAS E HUMANIDADES, 8(1). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/mui/article/view/3529

Edição

Seção

DOSSIÊ