POESIA E ORALIDADE

A TRAJETÓRIA DE FLÁVIO NASCIMENTO

  • Valdemar Valente Junior Universidade Estácio de Sá

Resumo

O presente artigo tem por objetivo promover um estudo crítico acerca das diferentes manifestações da oralidade no âmbito da poesia que se estendem a outras formas de criação artística como uma espécie de reação à censura imposta pelo regime militar. Para tanto, coube-nos recorrer ao processo de criação lúdica e interativa que pode ser identificado na obra de Flávio Nascimento, poeta nascido em Pernambuco e radicado no Rio de Janeiro. Em vista do que se pode identificar no trabalho que vem desenvolvendo ao longo de décadas, podem ser verificados elementos que se constituem na caracterização múltipla de um projeto que agrega as diferentes expressões da poesia, do teatro, do cinema e da música popular como instrumentos de valor inusitado e original. Nesse sentido, cabem ser identificadas em seu trabalho artístico as formas de expressão cultural que se fazem representar por caminhos alternativos e desvinculados da grande mídia.

Publicado
2020-07-15
Seção
Artigos