O IDOSO EQUILIBRISTA: A TEMÁTICA DA MORTE EM NARRATIVAS DE HUMOR E DE DRAMA NAS SÉRIES DE TV

  • Valmir Moratelli PUC-Rio
  • Tatiana Siciliano PUC-Rio
Palavras-chave: velhice, narrativas audiovisuais, ficção seriada

Resumo

O presente trabalho pretende discutir aspectos da construção da narrativa audiovisual na ficção seriada, a partir de representações de personagens idosos e sua relação com a temática da possibilidade da morte. O recorte utilizado é a primeira temporada da série Os Experientes, produção dramática de 2015 realizada pela TV Globo; e na primeira temporada da série norte-americana de humor The Kominsky Method (O Método Kominsky), criada por Chuky Lorre e original da Netflix de 2018. Ao se levantar aspectos narrativos dessas produções, debate-se de que forma são construídos os discursos sobre novos aspectos da vida social dos idosos.

Biografia do Autor

Tatiana Siciliano, PUC-Rio

Pós-doutora em Sociologia pela UFRJ-IFCS (2012/2013). É professora do quadro principal do Departamento de Comunicação da PUC-Rio e Coordenadora de Graduação. Lidera o grupo de pesquisa Narrativas da vida moderna na cultura midiática - dos folhetins às séries audiovisuais. É pesquisadora da rede OBITEL-Rio.

Referências

Referências bibliográficas
ARIÈS, Phillippe. História da morte no ocidente. Rio de janeiro: Ediouro, 2003.
BACCEGA, Maria Aparecida. O estereótipo e as diversidades. In: Comunicação & Educação, São Paulo, set./dez. 1998
BAKHTIN, M. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento. 4ª ed., Trad. Yara Frateschi. São Paulo: Hucitec; Brasília: Edunb, 1999.
BERGER, Peter L.; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2004
CASTELLANO, Mayka e MEIMARIDIS, Melina. Neflix, discursos de distinção e os novos modelos de produção televisiva. In: Contemporânea. Comunicação e Cultura. V.14, No 2, maio-ago 2016.
CASTRO, Gisela; BACCEGA, Maria Aparecida. A velhice na telenovela brasileira contemporânea: fomento ao debate. LOGOS 43, Dossiê: Cotidiano e Experiência. Vol.22, No 02, 2o semestre 2015
CASTRO, Gisela. O Envelhecimento na Retórica do Consumo: publicidade e idadismo no Brasil e Reino Unido. Anais da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação. 2015
DEBERT, Guita. O velho na propaganda. Cadernos Pagu. 2003
_______. Metamorfoses da Velhice. In: Agenda Brasileira - Temas de Uma Sociedade em Mudança - André Botelho e Lilia Schwarcz (org.). São Paulo: Cia das Letras. 2011
________. A reinvenção da velhice: socialização e processos de reprivatização do envelhecimento. São Paulo: Edusp, 1999
DUCROT, O. Le dire et le dit. Paris: Minuit, 1984.
ELIAS, Norbert. A Solidão dos Moribundos. Tradução: Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2001
FALEIROS, Vicente de Paula. Envelhecimento no Brasil do Século XXI: Transições e desafios. Argumentum, Vitória (ES), v. 6, n.1, p. 6-21, jan./jun. 2014
FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 3ª Edição. Petrópolis: Vozes, 1984.
GOFFMAN, Erving Goffman. A representação do Eu na vida cotidiana. 10ª edição. Petrópolis: Editora Vozes. 2002
HALL, S. Cultura e representação. Arthur Ituassu (Org.) e Daniel Miranda e William Oliveira (Trad.). Rio de Janeiro: PUC-Rio, Apicuri, 2016
________. Quem precisa da identidade? In: Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. SILVA, Tomaz Tadeu (Org. e trad.). Petrópolis: Vozes, 2000. p.103-133
HALL, S.; WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: A perspectiva dos Estudos Culturais. Tomaz Tadeu Silva (Trad.). Petrópolis: Editora Vozes. 2003
JENKINS, Henry. Cultura da convergência. 2. ed. São Paulo: Aleph. 2009
LOPES, M. I. . Telenovela brasileira: uma narrativa sobre a nação. Comunicação & Educação, (26), p. 17-34. 2003
MACHADO, Ida Lucia. A ironia como estratégia comunicativa e argumentativa. Bakhtiniana, Rev. Estud. Discurso [online]. 2014, vol.9, n.1, pp.108-128.
MOSCOVICI, Serge. Representações sociais: investigações em psicologia social. Rio de Janeiro: Vozes, 2003
PONTAROLO, Regina Sviech; OLIVEIRA, Rita de Cássia da Silva. Terceira Idade: Uma breve discussão. Publ. UEPG Humanit. Sci., Appl. Soc. Sci., Linguist., Lett. Arts, Ponta Grossa, 16 (1), p. 115-123, jun. 2008
SILVA, Tomaz Tadeu da. A produção social da identidade e da diferença. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2000
Publicado
2020-04-22
Como Citar
Moratelli, V., & Siciliano, T. (2020). O IDOSO EQUILIBRISTA: A TEMÁTICA DA MORTE EM NARRATIVAS DE HUMOR E DE DRAMA NAS SÉRIES DE TV. TROPOS: COMUNICAÇÃO, SOCIEDADE E CULTURA (ISSN: 2358-212X), 9(1). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/tropos/article/view/3194
Seção
Dossiê - A nova Era Dourada da Televisão: as séries contemporâneas