A INSERÇÃO DE TECNOLOGIAS NA PRÁTICA DOCENTE DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À FOTOGRAFIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavras-chave: Tecnologias; Redes Sociais; Prática Docente; Ensino Superior; Fotografia.

Resumo

Os equipamentos fotográficos passa(ra)m por frequentes transformações depois da inserção das tecnologias, mas a prática da fotografia permanece a mesma. Utilizar as redes sociais e recursos tecnológicos proporcionados pela internet, para ter uma eficácia no sistema de aprendizagem, é um desafio para os docentes. Investigar a eficácia da utilização desses recursos é dever de qualquer professor. Esta breve pesquisa é um relato de experiência de métodos híbridos com o uso das tecnologias e sua eficácia no processo de aprendizagem dos alunos da disciplina de Introdução à Fotografia do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Acre, é uma pesquisa exploratória qualitativa. Para verificação da eficácia dos métodos, ao final da disciplina foi aplicado um questionário de avaliação. Dos 25 discentes que frequentaram a disciplina 70,37% dos alunos responderam o questionário de avaliação. Os resultados apontados foram que mais de 95% acreditam que o uso das redes sociais e das ferramentas tecnológicas contribuíram mais para o seu processo de aprendizagem.

Biografia do Autor

Aleta Tereza Dreves, Universidade Federal do Acre - UFAC
Professora Adjunta de Ensino no curso de Jornalismo da Universidade Federal do Acre - UFAC (2005). Assessora de Comunicação Social da Universidade Federal do Acre - UFAC (2016). Bacharel em Comunicação Social, Jornalismo pela Faculdade de Pato Branco - FADEP (2004). Especialista em Informática em Educação pela Universidade Federal de Lavras - UFLA (2008). Mestre em Televisão Digital: informação e conhecimento pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (2015), orientada pela professora Dra. Maria Cristina Gobbi. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação pela Universidade Federal do Paraná (2018). Tem experiência em Comunicação Visual (Diagramação Impressa; Design Web; Fotografia; Design), Mídias Digitais (Redes Sociais; Blogs; Jornais Online) e Tecnologias Digitais. Pesquisadora dos seguintes grupos de pesquisa CNPq: Comunicação, Cultura e Sociedade (UFAC) atuando na linha de pesquisa Comunicação, Mídias Digitais e Juventude (pesquisadora); Pensamento Comunicacional Latino-Americano (UNESP) atuando nas seguintes linhas: Gestão da Informação e Comunicação para Televisão Digital e Comunicação Digital e Interfaces Culturais na América Latina (estudante). Sócia da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - INTERCOM, desde 2006 e da Associação Latino Americana de Investigadores da Comunicação iALAIC, desde 2014.
Glaucia da Silva Brito, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Professora Associada de Ensino do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). E-mail: glaucia@ufpr.br

Referências

BRITO, Glaucia da Silva; PURIFICAÇÃO, Ivonélia. Educação e nova tecnologias: um re-pensar / Glaucia da Silva Brito, Ivonélia da Purificação. 2ª ed. Curitiba: Ibpex, 2008. 139p.

BRITO, Glaucia da Silva; SIMONIAN, Michele. Conceitos de tecnologias e currículo: em busca de uma integração. In: Diálogos epistemológicos e culturais. Organizadores HAGEMEYER, Regina Cely; GABARDO, Cleusa Valério; SÁ, Ricardo Antunes. Curitiba, PR: W & A Editores, 2017. 288p.

BRITO, Glaucia da Silva. Inclusão Digital do profissional professor: entendendo o conceito de tecnologia. ANPOCS, Caxambu, MG: 2006.

DREVES, Aleta Tereza. Tempos de convergência: o perfil digital do jovem universitário da UFAC. 2015. 147 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2015.

KENSKI, Vani. Moreira. Tecnologias e ensino presencial e a distância. 9. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012. 160p.

LEMOS, A. Anjos Interativos e Retribalização do Mundo. Sobre Interatividade e Interfaces Digitais. Tendências XXI. Audiovisual, Telecomunicações, Multimedia, Dossiê Televisões. Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, Lisboa, Setembro 1997. 19-29. Disponivel em: <http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/lemos/interativo.pdf>. Acesso em: Março 2014.

LÉVY, P. Cibercultura. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 1999. 264 p.

SILVA, Marco. Sala de aula interativa: educação, comunicação, mídia clássica... 7. Ed. – São Paulo: Edições Loyola, 2014.

STRAUBHAAR, J. D. Comunicação, mídia e tecnologia. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

TAJRA, Sanmya Feitosa. Informática na educação: o uso de tecnologias digitais na aplicação das metodologias ativas. 10 ed. São Paulo – SP: Érica, 2019.

UFAC, Universidade Federal do Acre. Portal de Ementário. Rio Branco – Acre: 2019. Acesso em maio 2019. Disponível em: <https://portal.ufac.br/ementario>.

Publicado
2019-10-19
Como Citar
Dreves, A. T., & Brito, G. da S. (2019). A INSERÇÃO DE TECNOLOGIAS NA PRÁTICA DOCENTE DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À FOTOGRAFIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. TROPOS: COMUNICAÇÃO, SOCIEDADE E CULTURA (ISSN: 2358-212X), 8(2). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/tropos/article/view/2601
Seção
Artigos