A Administração Holística e os Benefícios na Tomada de Decisão

  • Amanda de Almeida Toledo Universidade Guarulhos - Centro
  • Antonio Carlos Estender Universidade Guarulhos
Palavras-chave: Objetivo, Comunicação, Processos, Holística.

Resumo

Esta pesquisa se propõe a compreender as percepções dos stakeholders sobre administração holística para a aplicação prática e os benefícios na tomada de decisão, visa também solucionar problemas específicos, no caso, como a administração holística beneficia as comunicações entre os departamentos, por que ela solucionaria o problema e quais são as características desse procedimento? Com a administração holística implantada na empresa, a relação e comunicação entre os setores tende a melhorar. Tem como objetivo averiguar quais são os melhores metodos para solucionar os problemas de comunicação na empresa do ramo de manutenção industrial. A pesquisa foi realizada por meio de estudo de caso único, em uma empresa do setor industrial, onde foram realizadas 20 entrevistas de natureza qualitativa e exploratória, sendo a coleta de dados efetuada por meio de questionários destinados aos stakeholders. Observou-se que os principais resultados foram o quanto as pessoas precisam de alguém que intervenha nos processos da empresa, sendo assim um responsável com uma visão ampla do negócio. Diante do exposto as implicações mais relevantes foram as necessidades da empresa em cumprir os processos e normas, entretanto precisam de um direcionamento através da administração holística.

Biografia do Autor

Amanda de Almeida Toledo, Universidade Guarulhos - Centro
Bacaharel em Administração
Antonio Carlos Estender, Universidade Guarulhos
Mestre em Administração e professor da Universidade Guarulhos

Referências

ALMEIDA, M. S. Elaboração de projeto, TCC, dissertação e tese: uma abordagem simples, prática e objetiva. São Paulo: Atlas, 2011.

ALBUQUERQUE, L. G. Estratégias de Recursos Humanos e Competitividade. In: VIEIRA, M. M. F. e OLIVEIRA, L. M. B. (Orgs). (1999). Administração Contemporânea: perspectivas estratégicas. São Paulo: Atlas, 1999.

BERNARDO J., COSTA M, KEMP N.M. 2015. Gestão administrativa: O papel do gestor frente à implantação de novos modelos gerenciais. Revista Cientifica eletrônica de administração – ISSN: 1676-6822 Ano XV – Número 23 – Dezembro de 2015 – Periódico Semestral 1 Re.C.E.A., v.23, n.1, dez, 2015.

BURGESS, P.W.; SIMONS, J.S. Theories of frontal lobe executive function: clinical applications. In: HALLIGAN, P.W.; WADE, D.T. Effectiveness of rehabilitation for cognitive deficits. Oxford: Oxford University, 2005.

CAFFYN, S. ; BESSANT, J. A capability-based model for continuous improvement. Proceedings of 3th International Conference of the EUROMA. London, 1996.

CANTERO, D. S. M. Teoría fundamentada y Atlas.ti: recursos metodológicos para la investigación educativa. Revista Electrónica de Investigación Educativa, v. 16, n. 1, p. 104-122, 2014.

Publicado
2017-12-18
Seção
TECNOLOGIA, PRODUÇÃO E TRABALHO