“OS ÍNDIOS FALAM POR SI”: O MOVIMENTO INDÍGENA DO ACRE NAS PÁGINAS DE JORNAIS ACREANOS

Autores

  • Karolaine da Silva Oliveira Universidade Federal do Acre
  • Teresa Almeida Cruz UFAC

Resumo

O presente trabalho faz parte do projeto de iniciação científica “Representações dos povos indígenas do Acre nas plataformas digitais brasileiras”, abordando sobre a presença do movimento indígena do Acre nos jornais acreanos, de modo a visibilizar os indígenas como “agentes de sua própria história”, onde protagonizaram as lutas para a conquista de seus próprios direitos, assegurados pela Constituição Federal de 1988. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo abordar como o movimento indígena do Acre encontra-se registrado nos jornais pesquisados, compreendendo o movimento a partir das falas e posicionamentos das lideranças indígenas registradas nesses jornais. Usando como metodologia pesquisas qualitativas e de análises dessas fontes alocadas na hemeroteca da Biblioteca Digital Brasileira (BNDigital). Para o embasamento teórico foram utilizados trabalhos de historiadores e antropólogos que estudam a história indígena estabelecendo um diálogo com as fontes pesquisadas, como Almeida (2010), Almeida;Cruz (2018), Carneiro da Cunha (2009), e Oliveira (2016). Os resultados alcançados mediante as pesquisas nos levam a pensar o movimento indígena do Acre como uma desobediência epistêmica, onde os povos indígenas revelam-se subversivos às heranças coloniais deixadas sob eles, rompendo a colonialidade a partir de suas próprias culturas e saberes.

Downloads

Publicado

2021-12-31