Fatores Associados à Evasão dos Licenciandos em Química de uma Universidade Pública Cearense

  • Maria Elba de Paula Balica Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Luciana Rodrigues Leite Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Murilo Sérgio da Silva Julião Universidade Estadual Vale do Acaraú
Palavras-chave: Desistência, Licenciatura, Perfil socioeconômico

Resumo

Este artigo objetiva identificar e analisar os fatores que levam os licenciandos em Química de uma universidade pública no interior do Ceará a desistirem do curso. O estudo foi conduzido da seguinte forma: na primeira e segunda etapas foram coletados dados referentes ao curso de Química no intuito de medir a eficiência do mesmo; realizar um levantamento da percepção dos licenciandos sobre as condições físico-estruturais do curso e o percurso acadêmico dos discentes. Na terceira etapa aplicou-se um questionário a 132 alunos para traçar o perfil sócio econômico e percursos escolar e acadêmico desses estudantes. De acordo com as respostas obtidas no questionário pode-se afirmar que as reprovações em períodos iniciais, a falta de tempo para aprimorar os conhecimentos, o cansaço físico, a carência de conhecimentos básicos são fatores que influenciam o estudante a desistir do curso de Química.

Biografia do Autor

Maria Elba de Paula Balica, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Licenciada em Química pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA). Tem experiência na áreas: Ensino de Química; Experimentação no Ensino de Química e Divulgação Científica.

Luciana Rodrigues Leite, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Licenciada em Química pela Faculdade de Educação de Crateús (UECE).  Especialista em Metodologia do Ensino em Biologia e Química e em coordenação pedagógica pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Doutoranda em Educação (UECE). Atualmente é Professora Assistente do Curso de Química da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA) e pesquisadora do Grupo de Pesquisa Educação e Ciências da Natureza (UECE). Desenvolve investigações na área de Ensino de Ciências e Química, com interesse nas seguintes linhas de pesquisa: formação de professores; estágio supervisionado e metodologias para o ensino de Ciências e de Química.

Murilo Sérgio da Silva Julião, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Bacharel em Química Industrial pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutor em Química Analítica pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é Professor Associado da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA). Tem experiência na área de Química, atuando principalmente nos seguintes temas: i) Métodos Eletroquímicos de Análise, ii) Sensores e Biossensores Analíticos, iii) Química Ambiental, iv) Ensino de Química e v) Divulgação e Popularização Científica.

Referências

[1] CAPELATO, R. Mapa do ensino superior no Brasil mostra queda nas matriculas em licenciaturas. Câmara notícias. 08/11/2017. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2020.
[2] BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. MEC relaciona evasão na graduação à fragilidade do ensino médio. 2015. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2020.
[3] BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. MEC divulga o censo da educação superior. 2016. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2020.
[4] CUNHA, A.M.; TUNES, E.; SILVA, R.R. Evasão do Curso de Química da Universidade de Brasília: a interpretação do aluno evadido. Química Nova, v. 24, n. 1, p. 262-280, 2001.
[5] MAZZETTO, S.E.; SÁ CARNEIRO, C.C.B. Licenciatura em química da UFC: perfil socioeconômico, evasão e desempenho dos alunos. Química Nova, v. 25, n. 6/B, p. 1204-1210, 2002.
[6] BRAGA, M.M.; MIRANDA-PINTO, C.O.B.; CARDEAL, Z.L. Perfil sócio econômico dos alunos, repetência e evasão no curso de química da UFMG. Química Nova, v. 20, p.438-444, 1996.
[7] VIANNA, J.F.; AYDOS, M.C.R.; SIQUEIRA, O.S. Curso noturno de licenciatura em química: uma década de experiência na UFMS. Química Nova, v. 20, n. 2, p. 213-18, 1997.
[8] ASSIS, C.F. Estudo dos fatores que influenciam a evasão dos alunos nos Cursos Superiores de Tecnologia de uma Instituição de Ensino Superior Privada. 91f. (Dissertação) Mestrado Profissional em Administração. Fundação Cultural Dr. Pedro Leopoldo, Minas Gerais, 2013.
[9] ADACHI, A.A.C.T. Evasão e evadidos nos cursos de graduação da UFMG. 214f. (Dissertação) Mestrado em Educação – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.
[10] JORDANI, P.S. et al. Fatores determinantes na escolha profissional: um estudo com alunos concluintes do Ensino Médio da região Oeste de Santa Catarina. Revista ADMpg Gestão Estratégica, v. 7, n. 2, p. 25-32, 2014.
[11] STROMQUIST, N.P. A desigualdade como meio de vida: educação e classe social na América Latina. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 85, n. 209/210/211, p. 11-28, 2004.
[12] DIAS, E.C.M.; THEÓPHILO, C.R.; LOPES, M.A.S. Evasão no ensino superior: estudo dos fatores causadores da evasão no curso de Ciências Contábeis da Universidade Estadual de Montes Claros-MG. In: Congresso USP de Iniciação Científica em Contabilidade. 7. São Paulo. 2010. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2020.
[13] MACHADO, S.P. et al. A evasão nos cursos de graduação de química: uma experiência de sucesso feita no Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro para diminuir a evasão. Química Nova, v. 28, n. 0, p. 41-43, 2005.
[14] SILVA, S.L.R.; FERREIRA, J.A.G. Família e ensino superior: que relação entre dois contextos de desenvolvimento? Exedra: revista cientifica, n. 1, p. 101-126, 2009.
[15] ALMEIDA, L.S.; SOARES, A.P.C.; FERREIRA, J.A.G. Transição e adaptação à universidade: apresentação de um questionário de vivências acadêmicas (QVA). Psicologia, v. 14, n. 2, p. 189-208, 2000.
[16] CUNHA, S.M.; CARRILHO, D.M. O processo de adaptação ao ensino superior e o rendimento acadêmico. Psicologia Escolar e Educacional, v. 9, n. 2, p. 215-224, 2005.
[17] BARDAGI, M.P.; PARADISO, A.C. Trajetória acadêmica e satisfação com a escolha profissional de universitários em meio de curso. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 4, n. 1-2, p. 153-166, 2003.
[18] VERAS, R.S.; FERREIRA, S.P.A. A afetividade na relação professor-aluno e suas implicações na aprendizagem, em contexto universitário. Educar em Revista, n. 38, p. 219-235, 2010.
[19] GERHARDT, T.E.; SILVEIRA, D.T. (Orgs.) Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. 120 p.
[20] GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed., São Paulo: Atlas, 2002, 176 p.
[21] XIMENES, L.V. Licenciatura em Química da UVA: Perfil sócio econômico, evasão e desempenho dos alunos. 52f. (Monografia de Graduação) Universidade Estadual Vale do Acaraú. Sobral, 2004.
[22] ARAÚJO, E. O perfil dos licenciandos de Química da UVA: fatores associados à retenção. 42f. (Monografia de Graduação) Universidade Estadual Vale do Acaraú. Sobral, 2015.
[23] MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.V. Fundamentos de Metodologia Científica. 5. ed., São Paulo: Atlas, 2003, 312 p.
[24] CAMPOS, C.J.G. et al. Método de análise de conteúdo: ferramenta para a análise de dados qualitativos no campo da saúde. Revista Brasileira Enfermagem, v. 57, n. 5, p.611-614, 2004.
[25] GUEDES, T.A. et al. Estatística Descritiva, p. 1-49, 2005. Disponível em: . Acesso em 11 jan. 2020.
[26] GATTI, B.A. et al. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO, 2019. 351 p.
[27] ANDIFES. V Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos(as) Graduandos(as) das IFES – 2018. Brasília, 2019. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2020.
[28] GUSMÃO, J.B.; RIBEIRO, V.M. Colaboração entre estado e municípios para a alfabetização de crianças na idade certa no Ceará. Cadernos Cenpec, v. 1, n. 1, p. 9-34, 2011.
[29] SOUZA, L.T.P. Estudo do Aluno Universitário para a Construção de um Projeto Pedagógico. Série Documental: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP): Relatos de Pesquisas, Brasília, 1993.
[30] MASSI, L.; VILLANI, A. Contribuições dos estudos de perfil dos graduandos: o caso dos cursos de licenciatura e bacharelado em Química da UNESP/Araraquara. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 1, p. 151-170, 2014.
Publicado
2020-05-28
Como Citar
Balica, M. E. de P., Leite, L. R., & Julião, M. S. da S. (2020). Fatores Associados à Evasão dos Licenciandos em Química de uma Universidade Pública Cearense. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 7(1), 33-62. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/3330
Seção
Artigos Originais Ciências Exatas e da Terra