A OBRA “A ESCRAVIDÃO” DE LAURENTINO GOMES: ENTRE O JORNALISMO E A HISTÓRIA

Palavras-chave: .

Resumo

.

Biografia do Autor

Nedy Bianca Medeiros de Albuquerque , CFCH/UFAC

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Acre (1999), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2002), bacharelado em Direito pela UNINORTE (2009), doutorado em História Social pela USP (2015) . É professora associada nível 1, lotada no CFCH da Universidade Federal do Acre, exercendo atualmente a função de sub-coordenadora do curso de licenciatura em História da UFAC. Foi presidente da Comissão Permanente de Vestibulares da UFAC e Coordenadora do Programa de Extensão Conexões dos Saberes. Atuou como professora formadora e orientadora na Pós-Graduação de História e Cultura Africana e Afro-Brasileira e na Pós-Graduação UNIAFRO. Já lecionou História Antiga, História Econômica, História Moderna, História da América (da colônia aos dias atuais). Atualmente ministra aulas de História do Brasil (da colônia aos dias atuais) na licenciatura e no bacharelado de História e Formação Econômica Social e Política da Amazônia no curso de Jornalismo. Desenvolve projetos de pesquisa e extensão sobre História e Imprensa Negra, História Ambiental, História e Cidadania.

Referências

GOMES. Laurentino. Escravidão – do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares. Vol. I. Rio de Janeiro: Globo Livros, 2019.
Publicado
2020-06-13
Como Citar
Albuquerque , N. B. M. de. (2020). A OBRA “A ESCRAVIDÃO” DE LAURENTINO GOMES: ENTRE O JORNALISMO E A HISTÓRIA . TROPOS: COMUNICAÇÃO, SOCIEDADE E CULTURA (ISSN: 2358-212X), 9(1). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/tropos/article/view/3663
Seção
Resenha