AS REPRESENTAÇÕES DO EU NA VIDA COTIDIANA DE BLACK MIRROR/QUEDA LIVRE

  • Daniel Alves Scarcello UFF
Palavras-chave: Representação social; ficção seriada; Black Mirror; cotidiano.

Resumo

Estre trabalho tem como objetivo fazer uma análise da narrativa no episódio "Queda Livre", da série Black Mirror, produzida pela Netflix, a partir de conceitos da representação do indivíduo, de Erving Goffman. Busca-se identificar a aplicação dos conceitos no episódio a partir de uma atualização das tecnologias e redes sociais no cotidiano ficcional. Identificamos as ficções seriadas como produtos midiáticos relevantes no cotidiano atual e exploramos como sua representação na mídia pode apontar questões fundamentais para a compreensão da sociedade. A partir da análise e da leitura de autores como Thompson e Kelnner, verificamos que a narrativa estudada apresenta os conceitos de Goffman, ao mostrar as formas de representação das personagens no mundo "real" e "virtual", assim como pode atualizar o conceito quando aumenta o tempo de encenação que as redes sociais proporcionam.

Referências

GOFFMAN, Erving. A Representação do Eu na vida cotidiana. Petrópolis, Vozes.
1985

HELLER, Agnes. O cotidiano e a história. Rio de Janeiro: Paz e Tetra, 2000.

KELNNER, Douglas. A Cultura da mídia - estudos culturais: identidade e politica
entre o moderno e o pós-moderno. Bauru, SP: EDUSC, 2001.

KAREL. Kosik, Dialética do Concreto. Rio de. Janeiro. Paz e Terra. 2002

LEMOS, André. Isso não é muito Black Mirror: passado, presente e futuro das
tecnologias de comunicação e informação . Salvador: EDUFBA, 2018

SILVERSTONE, Roger. Por que estudar a mídia? São Paulo. Edições Loyla. 2002

SILVA, M. V. B. Cultura das séries: forma, contexto e consumo de ficção seriada na contemporaneidade. Galaxia
(São Paulo, Online), n. 27, p. 241-252, jun. 2014. http://dx.doi.org/10.1590/1982-25542014115810.

THOMPSON, Jhon B. A interação mediada na era digital. Matrizes, V.12 – N 3 set./dez. 2018 São Paulo – Brasil.
Publicado
2020-04-26
Como Citar
Scarcello, D. A. (2020). AS REPRESENTAÇÕES DO EU NA VIDA COTIDIANA DE BLACK MIRROR/QUEDA LIVRE . TROPOS: COMUNICAÇÃO, SOCIEDADE E CULTURA (ISSN: 2358-212X), 9(1). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/tropos/article/view/3179
Seção
Artigos