MEIO AMBIENTE E JORNALISMO ALTERNATIVO NA AMAZÔNIA

  • Maurício Pimentel Homem de Bittencourt Universidade Federal do Acre

Resumo

O conceito de questão ambiental amazônica como um debate político e socioeconômico sobre a apropriação dos recursos naturais da Amazônia condiciona o jornalismo que aborda o tema. Esse jornalismo deve realizar-se na mídia alternativa, a fim de alcançar independência econômica e política para discutir a exploração de riquezas naturais públicas em benefício privado. Assim, o artigo descreve a pesquisa de elementos do jornalismo alternativo para a questão ambiental amazônica, com foco na prática. Analisa-se como o atrelamento ao interesse público de conservação da Amazônia impacta diretamente esse fazer jornalístico, a começar pela viabilização de meios de comunicação alternativos. Em seguida, examinam-se procedimentos jornalísticos para a cobertura da questão ambiental amazônica. A intenção de contribuir para o debate leva o jornalismo a colaborar na construção de uma racionalidade ambiental para a Amazônia.

Biografia do Autor

Maurício Pimentel Homem de Bittencourt, Universidade Federal do Acre
Doutor em Ciência Ambiental (Procam/USP); mestre em Ciências da Comunicação (ECA/USP); professor adjunto do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Acre (Ufac); líder do grupo de pesquisa Amajor – Meio Ambiente, Direitos Humanos e Jornalismo na Amazônia (CNPq/Ufac).

Referências

REFERÊNCIAS

• Livros:

BECKER, B. K. Amazônia: geopolítica na virada do III milênio. Rio de Janeiro: Garamond, 2009.

CHAPARRO, M.C. Pragmática do jornalismo: buscas práticas para uma teoria da ação jornalística. São Paulo: Summus, 1994.

________. Linguagem dos conflitos. Coimbra: MinervaCoimbra, 2001.

LEFF, E. Racionalidade ambiental: a reapropriação social da natureza. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

MEDINA, C. O signo da relação: comunicação e pedagogia dos afetos. São Paulo: Paulus, 2006.

RAMONET, I. A explosão do jornalismo: das mídias de massa à massa de mídias. São Paulo: Publisher Brasil, 2012.

SANTOS, B.S. Introdução a uma ciência pós-moderna. Rio de Janeiro: Graal, 1989.

WILLIAMS, R. Palavras-chave: um vocabulário de cultura e sociedade. São Paulo: Boitempo, 2007.

• Livros em meio eletrônico:

DONINI, M. L. A Vaquinha não foi pro brejo: como o financiamento coletivo pode ajudar o jornalismo. [S.l.]: Farol Jornalismo, 2015. Disponível em: https://crowdfunding_no_jorn.creatavist.com/story/8825. Acesso em 01 mai. 2015.

TASSARA, E. T. O. O pensamento contemporâneo e o enfrentamento da crise ambiental. In: CARVALHO, I. M.; GRÜN, M.; TRAJBER, R. (Orgs). Pensar o Ambiente: bases filosóficas para a Educação Ambiental. Brasília: Min. da Educação, UNESCO, p. 219-32, 2006. Disponível em http://unesdoc.unesco.org/images/0015/001545/154579POR.pdf Acesso em: 01 mai. 2009.

• Periódicos:

LIMA, V. Sob o ensurdecedor silêncio da grande mídia brasileira. Observatório da imprensa. [S.l]: Observatório da imprensa, 2013. Número 731, 29/01/2013. Disponível em: http://www.viomundo.com.br/politica/venicio-lima-sob-o-ensurdecedor-silencio-da-grande-midia-brasileira.html. Acesso em jan 2013.

OLIVEIRA, D. Uma práxis jornalística alternativa. Jornal da USP on-line. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2008. Ano XXIV, n. 846, set./out. 2008. Disponível em: http://www.usp.br/jorusp/arquivo/2008/jusp846/pag13.htm. Acesso em jun 2012.

PERUZZO, C.M.K. Aproximações entre comunicação popular e comunitária e a imprensa alternativa no Brasil na era do ciberespaço. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 31, 2008, Natal. Anais. São Paulo: Intercom, 2008. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2008/resumos/R3-0716-1.pdf. Acesso em 26 jun 2013.

• Tese:

BITTENCOURT, M.P.H. Jornalismo alternativo para a questão ambiental amazônica. 2013. 276 f.. Tese (Doutorado em Ciência Ambiental) – Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental (PROCAM), Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível no link: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/90/90131/tde-04122013-202449/pt-br.php

Publicado
2015-06-12
Como Citar
Bittencourt, M. P. H. de. (2015). MEIO AMBIENTE E JORNALISMO ALTERNATIVO NA AMAZÔNIA. TROPOS: COMUNICAÇÃO, SOCIEDADE E CULTURA (ISSN: 2358-212X), 1(3). Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/tropos/article/view/199
Seção
Artigos