O lugar e sua representação na memória

  • Joaquim Onésimo Ferreira Barbosa Faculdades Integradas do Tapajós - FIT
Palavras-chave: Cotidiano – Lugar – Memória – Sociedade

Resumo

O lugar pode ser compreendido como uma construção social, alicerçado nas relações espaciais diretas do cotidiano, como um elemento em que as experiências e as vivências são tecidas, construídas e apreendidas. Mas essas experiências cotidianas só são rememoradas, (re)buscadas quando se recorre à memória, o lugar onde o encontro entre o vivido, o visto e o experienciado é guardado. O objetivo deste trabalho é abordar, ainda que sucintamente, o papel do lugar na memória como elemento de representação simbólica individual e coletiva.

Biografia do Autor

Joaquim Onésimo Ferreira Barbosa, Faculdades Integradas do Tapajós - FIT
Professor de Língua Portuguesa e Comunicação nos Cursos de Direito, Serviço Social e Jornalismo

Referências

BARRETO, Ângela Maria. Memória e sociedade Contemporânea: apontando tendências. In Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, v. 12, n. 2, p. 161-176, jul./dez., 2007.

BOSI, Ecléa. O tempo vivo na memória. Ensaios de psicologia social. 2. ed. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003.

BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: Lembrança de velhos. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. O lugar no/do mundo. São Paulo: FFLCH, 2007.

DURKHEIM, Émile. Sociologia e Filosofia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1970.

FERREIRA, Luiz Felipe. Iluminando o lugar: três abordagens. (Relph, Buttimer e Harvey). Boletim Goiano de Geografia. Goiânia, jan/julho de 2002. v. 22, n. 01, p. 43-73.

PAPES, Cleide da Costa e Silva. A vivência e a invenção na palavra literária. São Paulo: Editora Humanitas/Paulinas, 2008.

SANTOS. Milton. A natureza do espaço. Técnica e tempo. Razão e emoção. 4. ed. 4ª reimpressão. São Paulo: Editora da USP, 2008.

TUAN, Yi–Fu. Espaço e Lugar: a perspectiva da experiência. São Paulo: DIFEL, 1983.

Publicado
2017-06-28
Seção
HISTORIA, MEMÓRIA E PATRIMÔNIO