Identificação dos metabólitos da espécie Bauhinia acreana (Fabaceae)

  • Delcio Dias Marques Universidade Federal do Acre
  • Adriana Araújo da Silva
  • Raquel Rodrigues de Souza
  • Kennedy Lima da Silva
  • Ilmar Bernardo Graebner

Resumo

O gênero Bauhinia L pertencente à família Fabaceae, subfamília Cercidae, constituído de 650 gêneros e 18000 espécies. No território nacional foram registrado 200 gêneros e 1006 espécies difundidas em todo o território Brasileiro.  Estudos revelaram que diversas espécies de Bauhinia são detentoras de uma variedade de efeitos biológicos. O interesse por essa espécie, em particular, se deve à sua aplicação no campo da medicina tradicional. O estudo fitoquímica qualitativo da espécie Bauhinia acreana vem contribuir para o conhecimento químico e de seus possíveis efeitos farmacológico, analisando os principais metabólitos secundários.  A investigação fitoquímica foi conduzida no extrato hidroalcoólico dos galhos e folhas de uma amostra de Bauhinia acreana coletada no município de Sena Madureira. Das doze classes de substâncias avaliadas na prospecção fitoquímica, foi detectada a presença de nove metabolitos secundários classificados como ácidos orgânicos, açúcares não redutores, fenóis e taninos, proteínas e aminoácidos, saponinas, esteroides, triterpenoides, alcaloides, antraquinonas, catequinas e flavonoides. Foram também observados resultados negativos para açúcares redutores e polissacarídeos nos extratos analisados.  

Palavras-chave: Bauhinia acreana. Prospecção química. Metabólitos.

Publicado
2019-12-10
Seção
Artigos Científicos