Qualidade da muda de pepino orgânico alterada pela combinação de substrato e recipiente

  • Sebastião Elviro Araújo Neto Universidade Federal do Acre
  • Regina Lúcia Félix Ferreira UFAC
  • Leiliane dos Santos Araújo UFAC
  • Débora Cavalcante dos Santos UFAC

Resumo

O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito das concentrações de composto orgânico e diferentes recipientes na qualidade da muda de pepino orgânico. O delinemaneto experimental utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 4x4, sendo quatro recipientes (250, 500, 750 e 1.000 mL) e quatro concentrações de composto orgânico: 30, 45, 60 e 75% com quatro repetições de dez plantas cada. O experimento foi conduzido no período de abril a junho de 2014 em cultivo protegido no sítio ecológico Seridó em Rio Branco-AC. Avaliou-se aos 25 dias após a semeadura: altura de plantas, massa seca da parte aérea, raiz e total e índice de desenvolvimento da muda (IQD). O aumento do recipiente e concentração de composto no substrato promove aumento da planta em altura. A redução da massa seca de raiz e do IQD foram causados com o aumento do volume do recipiente e concentração de composto no substrato. O aumento no volume do recipiente promove maior ganho de massa seca da parte aérea e massa seca total na produção de mudas de pepino orgânico.

Biografia do Autor

Sebastião Elviro Araújo Neto, Universidade Federal do Acre
Departamento de Agronomia
Publicado
2019-12-10
Seção
Artigos Científicos