Revisão sistemática acerca da incidência das contribuições teóricas de Rafael Porlán e colaboradores nas pesquisas brasileiras sobre formação de professores de ciências

  • Amadeu Moura Bego
  • Francisco Otávio Cintra Ferrarini
  • Thiago Moura Bego

Resumo

Este trabalho apresenta uma versão revista e ampliada de uma revisão bibliográfica sistemática apresentada no XIX ENEQ sobre a incidência dos estudos de Rafael Porlán e colaboradores em pesquisas brasileiras na área de Ensino de Ciências, bem como sua caracterização no tocante a sua temática e abrangência. Ao contrário de outros modelos e tipologias para os saberes docentes, a proposição teórica dos autores espanhóis é direcionada particularmente às questões pedagógicas concernentes ao Ensino de Ciências mediante a discussão de formas de transição e maneiras de evolução de Modelos Didáticos conduzidos pela hipótese de progressão do conhecimento profissional de professores vinculada com as singularidades dos conteúdos curriculares das Ciências. Diante desse cenário, a constituição do corpus de dados desta pesquisa foi realizada a partir de sete periódicos nacionais inseridos nos estratos A1 e A2 do Qualis CAPES e enquadrados na Área de Ensino, com a delimitação temporal entre os anos de 1997 e 2017. Identificou-se que, em que pese a relevância e a magnitude do modelo teórico proposto pelos investigadores espanhóis, de sua versatilidade e abrangência, no Brasil, esses estudos têm sido pouco conhecidos, divulgados e incorporados às pesquisas sobre formação inicial e continuada de professores de ciências. Apresenta-se, porém, por meio da discussão das principais proposições teóricas de Rafael Porlán e colaboradores, um cenário de possiblidades para inovações tanto para a compreensão do processo de produção de saberes profissionais quanto para a formação inicial e continuada de professores de ciências.

Palavras-chave: Saberes docentes. Conhecimento pofissional. Inovação educacional.
Publicado
2019-06-26