Flogisto e a lei de conservação das massas: a história da química como subsídio para a reflexão da construção do conhecimento científico

  • Lucas Peres Guimarães
  • Denise Leal de Castro

Resumo

O presente trabalho relata uma estratégia didática envolvendo alunos do 9º ano de uma escola pública no município de Barra Mansa (RJ). Esta atividade teve como principal objetivo demonstrar aos alunos que a química é construção humana e coletiva. Lavoisier, frequentemente é nomeado por inúmeros livros didáticos como o “pai” da química. Esse trabalho parte dessa premissa e demonstra aos alunos, através de uma narrativa histórica e um vídeo com um experimento, parte da trajetória desse cientista que resultou na superação da teoria do flogisto. Foi verificado após essa estratégia didática que o uso da história da química em sala de aula evita que o aluno tenha uma visão deformada do trabalho científico, o aproximando da área desse conhecimento e muitas vezes identificando-se com o cientista, já que o uso da história da química permite a apresentação de todo o contexto envolvido apresentando assim uma maior humanidade do cientista.
Publicado
2019-06-26