Inclusão e a prática pedagógica no ensino de química: aproximações e distanciamentos da aprendizagem

  • Lauryenne Camille Santana
  • Elisabete Alerico Gonçalves
  • Nicéa Quintino Amauro
  • Paulo Vitor Teodoro de Souza

Resumo

Apresentamos, neste texto, resultados parciais de uma pesquisa que investigou os recursos didáticos, na tendência inclusiva, no Ensino de Química em uma Instituição pública no interior do Estado de Goiás, Brasil. Para tanto, apontamos algumas reflexões sobre a prática pedagógica utilizada com um estudante com Deficiência Intelectual (DI) da primeira série do ensino médio. Investigamos o contexto em que o aluno com DI está inserido, a partir da imersão e observação dos pesquisadores na escola. Também aplicamos um questionário ao Professor Regente de Química e ao Professor de Apoio para analisar as metodologias utilizadas com o estudante. Finalmente, apontamos resultados do desempenho acadêmico do estudante com DI a partir das metodologias utilizadas em sala de aula. Percebemos que as estratégias e recursos didáticos no ensino de Química não atendem os estudantes com Necessidades Educacionais Especiais e, por conseguinte, pode distanciar o real processo de inclusão na escola.
Publicado
2019-06-26