Chemsketch: uma breve análise do seu impacto no desenvolvimento das habilidades visuoespaciais de alunos do Instituto Federal do Amazonas – IFAM

  • Luiz Eduardo L. da Silva
  • Raimundo W. F. Mendonça
  • Joiane R. Leite
  • Paula R. M. Meotti
  • Euricleia G. Coelho
  • Mayana G. P. de Souza

Resumo

Neste trabalho, foi realizado uma análise com estudantes da 3º série do ensino médio do Instituto Federal do Amazonas (IFAM) em Humaitá-AM, utilizando o software Chemsketch para o estudo e a compreensão da isomeria geométrica. O uso dessa ferramenta visava o favorecimento das habilidades visuoespacial e do aprimoramento do processo de ensino-aprendizagem, auxiliando os estudantes na diferenciação dos isômeros. Para tal análise utilizou-se de aporte, a Teoria da Mediação Cognitiva (TMC), que tenta esclarecer o desenvolvimento da habilidade cognitiva de estudantes a partir do contato dos mesmos com softwares e sistemas computadorizados. Os resultados apontam para um ganho cognitivo dos estudantes, aparentando adquirir a capacidade de representar compostos moleculares com características visuoespaciais mais claras, após o uso do software.  

Publicado
2019-06-26