O QUE DIZEM SOBRE A REFORMA DO ENSINO MÉDIO:

produções sobre a lei 13.415/2017 no período de 2016 a 2019

  • Gessica Mayara de Oliveira Souza Universidade Federal da Paraíba
  • Maria Zuleide da Costa Pereira Universidade Federal da Paraíba
  • Rafael Ferreira de Sousa Honorato Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: Educação, Reforma do Ensino Médio, Discursos, Sentidos

Resumo

O texto resulta do mapeamento analítico das produções científicas que tratam da reforma do Ensino Médio (Lei nº 13.415/2017). O problema que orientou a pesquisa é compreender quais sentidos estão sendo atribuídos à reforma do Ensino Médio nas produções acadêmicas? E que tensões são apontadas por esses sentidos? Objetivamos analisar os discursos sobre a reforma do Ensino Médio nas produções acadêmicas brasileiras no período de 2017 a 2019, destacando aspectos e dimensões enfatizados. Metodologicamente, trata-se de um estudo qualitativo, que utiliza a pesquisa bibliográfica como estratégia para construção dos dados. Dialogamos teoricamente com Cury (2008) Frigotto (2017), Aguiar (2018, Soares (2017), dentre outros autores que desenvolvem pesquisas sobre a reforma. Os achados revelaram que os estudos analisados se posicionam contrários à reforma de características verticais, construída sem a participação da sociedade civil, das Instituições de Pesquisadores e da própria escola, modificando projetos anteriormente construídos nos espaços democráticos.

Publicado
2020-06-11
Como Citar
Mayara de Oliveira Souza, G., Zuleide da Costa Pereira, M., & Rafael Ferreira de Sousa Honorato. (2020). O QUE DIZEM SOBRE A REFORMA DO ENSINO MÉDIO: : produções sobre a lei 13.415/2017 no período de 2016 a 2019. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 7(1), 476-498. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/3132
Seção
Artigos Originais Ciências Humanas