A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM TIC:

DAS REFORMAS EDUCACIONAIS DA DÉCADA DE 90 À ATUALIDADE

  • Ednacelí Abreu Damasceno Universidade Federal do Acre
  • Rosa Maria Silva Braga
Palavras-chave: Reformas Educacionais. Tecnologias na Educação. Formação Continuada.

Resumo

O presente artigo faz parte de um estudo mais amplo de uma pesquisa realizada sobre as políticas educacionais estabelecidas, no âmbito do Ministério da Educação – MEC, referente a formação continuada para professores no que dizem respeito às TIC e sua repercussão nas práticas pedagógicas dos professores dos anos finais do Ensino Fundamental nas escolas da rede estadual do município de Rio Branco – Acre. Tem como objetivo analisar por meio de uma revisão bibliográfica, como as formações continuadas em TIC, prescritas a partir das reformas educacionais dos anos 90 do século passado e referendadas nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior e para a formação continuada, regulamentadas pela Resolução nº 2, de 1º de julho de 2015 – CNE, foram e são operacionalizadas nas escolas públicas da Educação Básica. Conclui-se que, diante da prescrição curricular na legislação educacional brasileira e da celeridade com que ocorrem mudanças no campo tecnológico, a formação continuada em TIC para professores, ainda se constitui em uma das necessidades no processo de formação continuada dos professores na educação básica, ao mesmo tempo em que se reconhece a necessidade de se dar continuidade aos estudos sobre a temática.

Biografia do Autor

Ednacelí Abreu Damasceno, Universidade Federal do Acre
Educação
Publicado
2020-01-09
Como Citar
Damasceno, E. A., & Silva Braga , R. M. (2020). A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM TIC:: DAS REFORMAS EDUCACIONAIS DA DÉCADA DE 90 À ATUALIDADE. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 6(2), 660-684. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/2944
Seção
Artigos Originais Ciências Humanas