ANÁLISE DA QUALIDADE DA ÁGUA DO CÓRREGO JAÇANÃ NO MUNICÍPIO DE ALVORADA D’OESTE NO ESTADO DE RONDÔNIA

  • Thander Jacson Nunes Calente Centro Universitário São Lucas Ji-Paraná
  • Poliene Rodrigues de Oliveira Centro Universitário São Lucas Ji-Paraná
  • Natália Malavasi Vallejo Centro Universitário São Lucas Ji-Paraná
Palavras-chave: Ação Antrópica, Recursos Hídricos, Urbanização

Resumo

Este estudo tem o propósito de avaliar a qualidade da água do córrego Jaçanã, de Alvorada D’Oeste – RO, de acordo com as Resoluções Nº 357/2005 e Nº 430/2011 descritas no CONAMA. Foram avaliados parâmetros físico-químicos e bacteriológicos, como turbidez, sólidos sedimentáveis, oxigênio dissolvido (OD), óleos e graxas, demanda bioquímica de oxigênio (DBO), demanda química de oxigênio (DQO), coliformes totais e coliformes termotolerantes. Os valores obtidos das amostras apresentaram dentro dos parâmetros de normalidades, no entanto algumas alterações foram observadas, ocasionadas pelas ações antrópicas nos pontos 3 e 4, que estão localizados após a urbanização da cidade de Alvorada D’Oeste, tendo aumento nos valores dos parâmetros da turbidez, DBO, DQO e declínio do pH, parâmetros que avaliam a quantidade de matéria orgânica causadas pela atividade das ações antrópicas devido à poluição oriunda da urbanização. O que gera preocupação ao meio ambiente, fazendo-se necessárias medidas para a preservação deste corpo hídrico.

Publicado
2020-05-25
Como Citar
Thander Jacson Nunes Calente, Poliene Rodrigues de Oliveira, & Natália Malavasi Vallejo. (2020). ANÁLISE DA QUALIDADE DA ÁGUA DO CÓRREGO JAÇANÃ NO MUNICÍPIO DE ALVORADA D’OESTE NO ESTADO DE RONDÔNIA. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 7(1), 207-221. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/2857
Seção
Artigos Originais Ciências Biológicas