Manejo de Quelônios por Comunitários da Reserva Extrativista Riozinho da Liberdade - Acre - Brasil

Resumo

O uso de quelônios para a alimentação é uma pratica comum entre as populações da Amazônia. Na Reserva Extrativista Riozinho da Liberdade – Acre, muitas famílias utilizam desse grupo para a subsistência, para garantir a segurança alimentar dessas populações, o manejo comunitário é recomendado, pois coloca os comunitários como agentes do desenvolvimento de atividades do uso sustentável da fauna. O objetivo deste trabalho foi implantar núcleos de conservação e capacitação para o manejo de quelônios. As ações promovidas pelo projeto “Bichos de Casco”, envolveram reuniões com os moradores para explicar a importância do consumo sustentável dos quelônios e estabelecidos núcleos de conservação, realizando capacitações para o manejo de quelônios em três comunidades da Reserva, promovendo o uso consciente dos recursos faunísticos da região, auxiliando na formação de recursos humanos capazes de lidar o desafio da sustentabilidade, pautada no respeito e diálogo de saberes entre a comunidade acadêmica para contribuindo efetivamente para a conservação e o manejo de quelônios amazônicos.

Biografia do Autor

Tiago Lucena Silva, Universidade Federal do Acre (UFAC) - Campus Floresta
Docente da Universidade Federal do Acre (UFAC), Campus Floresta, Cruzeiro do Sul. Doutor em Biologia Animal pelo Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal (Conceito 6), área de concentração em Biologia Estrutural, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", UNESP/IBILCE. Coordenador do Laboratório de Biologia Animal da Universidade Federal do Acre - Campus Floresta, onde desenvolve projetos com inventariamento da biodiversidade animal no extremo ocidente Amazônico. Atua nas áreas de inventariamento de herpetofauna, reprodução e manejo de animais silvestres, morfologia e morfometria de grupos recentes, anatomia e fisiologia animal, biologia celular, genética, hematologia e ecotoxicologia.

Referências

REBÊLO G, PEZZUTI J. Percepções sobre o consumo de quelônios na Amazônia: sustentabilidade e alternativas ao manejo atual. Ambient Soc. 2000 Jun;(6–7):85–104.

VOGT R. C. Tartarugas da Amazônia. 1st ed. Manaus: INPA-Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2008. 104 p.

SCHNEIDER L, FERRARA C. R, VOGT RC, BURGER J. History of Turtle Exploitation and Management Techniques to Conserve Turtles in the Rio Negro Basin of the Brazilian Amazon. Chelonian Conserv Biol. 2011;10(1):149–57.

MALVASIO A. DO NASCIMENTO-ROCHA J. M, SANTOS HD, DE ATAÍDES AG, PORTELINHA T. C. G. Morfometria e histologia das gônadas de machos e fêmeas recémeclodidos de podocnemis expansa e podocnemis unifilis (Testudines, Podocnemididae). Acta Sci - Biol. 2012;34(1):105–12.

SILVA A. L. Animais medicinais: conhecimento e uso entre as populações ribeirinhas do rio Negro, Amazonas, Brasil. Bol do Mus Para Emílio Goeldi Ciências Humanas. 2008;3(3):343–57. A

RHODIN A. G. J, IVERSON J. B, BOUR R, FRITZ U, GEORGES A, SHAFFER HB, et al. Turtles of the World: Annotated Checklist and Atlas of Taxonomy, Synonymy, Distribution, and Conservation Status (8th Ed.). Chelonian research monographs. Chelonian Research Foundation & Turtle Conservancy; 2017. 1–292 p.

CAJAIBA R. L, DA SILVA W. B, PIOVESAN P. R. R. Animais silvestres utilizados como recurso alimentar em assentamentos rurais no município de Uruará, Pará, Brasil. Desenvolv e Meio Ambient. 2015 Aug 11 [cited 2018 Feb 7];34(0):157–68.

PEZZUTI J. C. B. Manejo de caça ea conservação da fauna silvestre com participação comunitária. Pap do NAEA. 2009;(1):1–13.

ANDRADE P. C. M, LIMA A. C DE, AZEVEDO S. H, OLIVEIRA A. B DE, JÚNIOR C. D DE A, GARCEZ J. R, et al. Programa Pé-de-pincha, 12 anos de Manejo Participativo de Quelônios por comunidades do Médio Rio Amazonas, Negro e Madeira. In Manaus: 1° WORKSHOP ESTRATÉGIAS PARA CONSERVAÇÃO DE QUELÔNIOS DA AMAZÔNIA: PROTEÇÃO DE PRAIAS; 2011. p. 12.

BARROSO W. A, MOURA N. A. Etnoconhecimento Morfológico e Ecológico de Quelônios (Podocnemis expansa e P. unifilis) em Uma Comunidade Ribeirinha. Biota Amaz. 2016 Mar 30;6(1):91–5.

OLIVEIRA M. N, SILVA A DE S, CALVACANTE E DA S, VASCONCELOS V. S, PINHO RE DE O, SILVA LL DA, et al. Educação ambiental mediada por alunos de ensino fundamental - Projeto Bichos de Casco. Educ Ambient em Ação. 2018];Ano XVII(65).

SILVA T. L, PINHO R. E. O, MELO C. M, OLIVEIRA M. N, SILVA L. L, VASCONCELOS V. S, et al. Perspectivas de estudantes sobre a conservação de quelônios em uma escola da zona periférica de Cruzeiro do sul – Acre. Rev Communitas. Cruzeiro do Sul: Universidade Federal do Acre; 2018 Jun 2;2(3):304–13.

TEIXEIRA Z. M, VASCONCELOS V. S, SILVA T. L. Thesis Abstract Ethnozoology, environmental education and community management of chelonians in Riozinho da Liberdade Extractive Reserve Acre, Brazil. Genet Mol Res. 2018;17(3).

POMEROY R. S, RIVERA-GUIEB R. Fishery co-manejemente a pratical handbook [Internet]. London: CABI, IDRC; 2005. 283 p.

CAMPOS-SILVA J. V., HAWES J. E, ANDRADE P. C. M, PERES C. A. Unintended multispecies co-benefits of an Amazonian community-based conservation programme. Nat Sustain . Nature Publishing Group; 2018 Nov 13;1(11):650–6.

ÁLVAREZ J. Gestión comunal y territorio: Lecciones aprendidas de la cuenca del Nanay (Amazonía NorPeruana) para el manejo de la fauna silvestre amazónica. Rev Electrónica Manejo Fauna Silv en Latinoamérica. 2006;1(3):1–15.

SALDO P. Aspectos etnobiológicos da Reserva Extrativista Riozinho da Liberdade, no Acre. Instituto Chico Mendes. 2014. p. 1.

ACRE. Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Acre: Fase II (Escala 1:250.000). 2nd ed. Rio Branco: SEMA; 2010.

BERNARDE P. S, MACHADO R. A, TURCI L. C. B. Herpetofauna da área do Igarapé Esperança na Reserva Extrativista Riozinho da Liberdade, Acre - Brasil. Biota Neotrop. 2011 Sep;11(3):117–44.

ANDRADE P. C. M, DUARTE J. A. M, AZEVEDO S. H, BALESTRA R. A. M. Manejo dos tabuleiros. In: Projeto Pé-de-pincha: Conservação e Manejo de Quelônios Manual para Gestores Ambientais. Manaus - AM: UNISOL/UFAM; 2015. p. 47–80.

TERÁN A. F. Participação comunitária na preservação de praias para reprodução de quelônios na reserva de desenvolvimento sustentável mamirauá, amazonas, Brasil. Sci Mag UAKARI. 2008 Jul 23;1(1):19-30.

BALESTRA R. A. M, LUSTOSA A. P. G, FAGUNDES C. K, CÁSSIA C. R. F, CAMILLO CS, WALDEZ F, et al. In: Manejo conservacionista e monitoramento populacional de quelônios amazônicos 1st ed. Brasilia.: Ibama; 2016. 137 p.

OLIVEIRA P. H DE, CAMILO C. S, BALESTRA R. A. M, SILVA J. V. C DE, FONSECA-JUNIOR S. F. Envolvimento comunitário na conservação de quelônios amazônicos. In: Manejo conservacionista e monitoramento populacional de quelônios amazônicos. 1st ed. Brasília: Ibama; 2016. p. 29-34.

ANDRADE C. M, AZEVEDO SH, LIMA A. C, COSTA P. M DA, OLIVEIRA P. H. G DE, DUARTE J. A DA M. Projeto Pé-de-Pincha - Parceria de Futuro para conservar os quelônios das várzeas amazônicas. 1st ed. Manaus: Provárzea/IBAMA; 2005. 29 p.

PEZZUTI J. C. B, LIMA J. P, DA SILVA D. F, BEGOSSI A. Uses and Taboos of Turtles and Tortoises Along Rio Negro, Amazon Basin. J Ethnobiol. Society of Ethnobiology University of Pennsylvania Museum‐MASCA, 33rd and Spruce Streets, Philadelphia, PA 19104; 2010 Mar 19;30(1):153-68.

BERNHARD R, LIMA M. A DE, BALESTRA R. A. M, FERRARA C. R, BERNARDES V. C. D, LUSTOSA A. P. G. Monitoramento da nidificação e manejo de ovos de quelônios amazônicos. In: Manejo Conservacionista e Monitoramento Populacional de Quelônios Amazônicos. 1st ed. Brasília: IBAMA; 2016. p. 40-51.

Publicado
2020-01-12
Como Citar
Silva, T. L., Oliveira, M. N., Silva, L. L., Pinho, R. E. O., Lopes-Filho, I. I., Vasconcelos, V. S., Brazil, M. V. da S., & Silva, M. I. A. da. (2020). Manejo de Quelônios por Comunitários da Reserva Extrativista Riozinho da Liberdade - Acre - Brasil. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 6(2), 864-873. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/2685
Seção
Relatos de Caso

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##