EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO AERÓBICO NA PRESSÃO ARTERIAL DE PACIENTES COM DOENÇA RENAL CRÔNICA EM HEMODIÁLISE

  • France Willian Universidade Federal do Acre
  • Rafaela Ester Galisteu Universidade Federal do Acre

Resumo

Este estudo teve como objetivo geral avaliar os efeitos do exercício aeróbico no controle da pressão arterial de pacientes com doença renal crônica em hemodiálise. Como objetivo específico analisar os efeitos do exercício aeróbico entre os turnos. Trata-se de um estudo descritivo de caráter quantitativo, realizado no Hospital das Clínicas no município de Rio Branco - Acre, em 27 pacientes com doença renal crônica de ambos os sexos, idade superior a 18 anos, que realizavam o tratamento de hemodiálise há seis meses. Após 1 hora de hemodiálise os pacientes iniciavam o exercício aeróbico utilizando cicloergômetro eletromagnético horizontal acoplado na maca. A pressão arterial foi aferida no repouso e a cada 5 minutos até o término do exercício. Os pacientes realizaram três sessões semanais de exercício no período de 12 semanas. Obteve-se como principais resultados uma redução de 6,79 mmHg na pressão sistólica e 4,14 mmHg na pressão diastólica. O grupo do turno de 6 horas reduziu 9,75 mmHg na pressão sistólica e 4,85 mmHg na pressão diastólica, já o grupo das 11 horas reduziu 4,74 mmHg na pressão sistólica e 2,73 mmHg na pressão diastólica. Conclui-se que exercício físico aeróbico em cicloergômetro realizado por 30 minutos nas duas primeiras horas de hemodiálise contribuiu no controle da pressão arterial de todos os pacientes, e em relação aos turnos houve diferença entre os pacientes que realizaram o exercício ás 6 horas e ás 11 horas.

Biografia do Autor

France Willian, Universidade Federal do Acre
Acadêmico de Educação Física
Rafaela Ester Galisteu, Universidade Federal do Acre
Docente da Universidade Federal do Acre

Referências

VANELLI, Chislene Pereira et al. Doença renal crônica: suscetibilidade em uma amostra representativa de base populacional. Revista de Saúde Pública, v. 52, p. 68-68, 2018.

NUNES, Tiago Ferolla et al. Insuficiência renal aguda. Medicina (Ribeirao Preto. Online), v. 43, n. 3, p. 272-282, 2010.

MOREIRA, Ailton et al. Uso contínuo de anti-inflamatórios não esteroidais em idosos e a insufiência renal aguda. Anais do Seminário Científico da FACIG, n. 1, 2017.

CURY, Juliana L.; AYDOS, Ricardo D. Efeitos negativos da insuficiência renal crônica sobre a função pulmonar e a capacidade funcional. Brazilian Journal of Physical Therapy/Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 14, n. 2, 2010.

CUNHA, Marina Stela et al. Avaliação da capacidade funcional e da qualidade de vida em pacientes renais crônicos submetidos a tratamento hemodialítico. Fisioterapia e pesquisa, 2009.

DE ALENCAR NASCIMENTO, Leilane Cristielle; COUTINHO, Érika Bona; DA SILVA, Kelson Nonato Gomes. Efetividade do exercício físico na insuficiência renal crônica. Fisioterapia em Movimento, v. 25, n. 1, 2017.

SOARES, Djanira Alzira et al. Qualidade de vida de portadores de insuficiência cardíaca. Acta paulista de enfermagem, v. 21, n. 2, 2008.

GUYTON, Arthur Clifton; HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de fisiologia médica. Elsevier Brasil, 2006.

PEREIRA, Ângelo Cardoso et al. Associação entre fatores de risco clínicos e laboratoriais e progressão da doença renal crônica pré-dialítica. J. bras. nefrol, v. 34, n. 1, p. 68-75, 2012.

. DE MOURA, Regina Márcia Faria et al. Efeitos do exercício físico durante a hemodiálise em indivíduos com insuficiência renal crônica: uma revisão. Fisioterapia e Pesquisa, v. 15, n. 1, p. 86-91, 2008.

NOGUEIRA, Luise Fernanda; DOS SANTOS, Fernando Pereira. Benefícios do exercício físico para gestantes nos aspectos fisiológicos e funcionais. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, v. 28, n. 54, p. 11-20, 2018.

BÜNDCHEN, Daiana Cristine et al. Exercício físico controla pressão arterial e melhora qualidade de vida. Rev Bras Med Esporte, v. 19, n. 2, p. 91-5, 2013.

MENDES, Romeu; BARATA, JL Themudo. Exercício aeróbio e pressão arterial no idoso. Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, v. 24, n. 2, p. 251-7, 2008.

DE LACERDA, Filipe Ferrari Ribeiro et al. Exercício físico em indivíduos em hemodiálise: benefícios e melhores indicações-revisão sistemática. Revista Pesquisa em Fisioterapia, v. 8, n. 3, p. 404-419, 2018.

REBOREDO, Maycon De Moura et al. Exercício aeróbico durante a hemodiálise: relato de cinco anos de experiência. Fisioterapia em Movimento, 2011.

GUIO, Bruno Medeiros et al. Beneficial effects of intradialytic cardiopulmonary rehabilitation. Brazilian Journal of Nephrology, v. 39, n. 3, p. 275-282, 2017.

MEDEIROS, Regina Helena; PINENT, Carlos Eduardo da C.; MEYER, Flávia. Aptidão física de indivíduo com doença renal crônica. J Bras Nefrol, v. 24, n. 2, p. 81-7, 2002.

NEVES, José Luis. Pesquisa qualitativa: características, usos e possibilidades. Caderno de pesquisas em administração, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 1-5, 1996.

MORAIS, Mauro JD et al. Evaluation of the effects of aerobic training during hemodialysis on autonomic heart rate modulation in patients with chronic renal disease. Medicine, v. 98, n. 23, p. e15976, 2019.

LOPES SIMÕES, Mariana Roberta; MARQUES, Flávia Cristina; DE MATTIA ROCHA, Adelaide. O trabalho em turnos alternados e seus efeitos no cotidiano do trabalhador no beneficiamento de grãos. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 18, n. 6, 2010.

MONTEIRO, Maria de Fátima; SOBRAL FILHO, Dário C. Exercício físico e o controle da pressão arterial. Rev. bras. med. esporte, v. 10, n. 6, p. 513-519, 2004.

ROCHA, Elizabeth Rocha; MAGALHÃES, Silvia Mourão; LIMA, Vanessa Pereira de. Repercussão de um protocolo fisioterapêutico intradialítico na funcionalidade pulmonar, força de preensão manual e qualidade de vida de pacientes renais crônicos. J Bras Nefrol, v. 32, n. 4, p. 359-371, 2010.

KONG, Chiew H. et al. The effect of exercise during haemodialysis on solute removal. Nephrology Dialysis Transplantation, v. 14, n. 12, p. 2927-2931, 1999.

GIACOMAZZI, Cristiane Mecca; RITZEL, Cíntia; BIRCK, Juliana Aguiar. Fisioterapia intradialítica melhora a qualidade de vida de doentes renais crônicos de um município do sul do país. Revista Brasileira de Qualidade de Vida, v. 9, n. 4, 2017.

Publicado
2019-12-27
Como Citar
Willian, F., & Galisteu, R. E. (2019). EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO AERÓBICO NA PRESSÃO ARTERIAL DE PACIENTES COM DOENÇA RENAL CRÔNICA EM HEMODIÁLISE. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 6(2), 325-334. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/2679
Seção
Artigos Originais Ciências da Saúde