MEMÓRIAS, MEMORIAIS E CARTAS: RELATOS DE UMA PROFESSORA TITULAR

  • Alan Silus Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Centro Universitário da Grande Dourados - UNIGRAN Net Campo Grande
Palavras-chave: Memórias

Resumo

Este trabalho pretende apresentar a interlocução entre os gêneros memorial e cartas proposto na construção de um texto científico a fim de cunhar o título de professor titular. O objetivo do estudo é apresentar como o entrelaçamento dos dois tipos textuais na construção das memórias de formação docente e profissional de uma professora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul constituem-na sujeito do processo educativo. A metodologia adotada foi a análise do conteúdo dos memoriais que foram precedidos por cartas escritas pela autora com destinatário a ela mesma. Como resultados, podemos compreender que o papel da memória e a articulação de gêneros do discurso, podem sim contribuir na construção de um discurso sobre a vida sem eximir-se de toda cientificidade.

 

Palavras-chave: Memórias. Memoriais. Cartas. Gêneros do Discurso. Relatos Docentes.

Biografia do Autor

Alan Silus, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Centro Universitário da Grande Dourados - UNIGRAN Net Campo Grande

Professor Universitário e assessor na empresa LuzAzul Produções trabalhando na organização das atividades profissionais da cantora Tetê Espíndola. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Formação de Professores – GEPFORP na UFMS | FaEd, do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Diversidade e também desenvolve pesquisas no Núcleo de Estudos Bakhtinianos – NEBA ambos vinculados a UEMS – Campo Grande. Tem experiência na área de Letras e Educação, atuando nas seguintes áreas: Formação Docente, Educação do Campo, Educação Ambiental, Psicologia Histórico-Cultural, Ensino de Linguagens, Análise Dialógica do Discurso, Semiótica da Cultura, Literatura Regional e Música Sul-Mato-Grossense, tendo ministrado diversas aulas, palestras e oficinas sobre os temas acima mencionados.

Referências

MARQUES, Heitor. R. Metodologia do Ensino Superior. 5. ed. rev. amp. Campo Grande (MS): UCDB, 2015.

LEITINHO, Meirecele C. Política de Desenvolvimento Profissional Docente: fundamentos e práticas. In: D’Ávila, C; VEIGA, I. A. P. (orgs.). Didática e Docência na Educação Superior: implicações para a formação de professores. Campinas (SP): Papirus, 2012. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico).

GÓIS, Marcos L. S. Uma Leitura de Ao Mestre com Carinho: ecos na contemporaneidade. In: CHACAROSQUI-TORCHI, G. F; LIMBERTI, R. C. P; MELO, S. M. Nas Tramas do Discurso: aspectos culturais e ideológicos. Florianópolis: Insular, 2017.

LEONTIEV, Alexis. O Desenvolvimento do Psiquismo. Trad. Rubens Eduardo Frias. 2. ed. São Paulo: Centauro, 2004.

KRUGMANN, Taís F. Histórias de Vida de Professores em Processo de Readaptação Funcional. 2015. 156f. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Centro de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, Campo Grande, 2015.

MARTINS, Lígia Márcia. Implicações Pedagógicas da Escola de Vigotski: algumas considerações. In: MENDONÇA, S. G. L; MILLER, S. (orgs.). Vigotski e a Escola Atual: fundamentos teóricos e implicações pedagógicas. 2. ed. Araraquara (SP): Junqueira & Marin; Marília (SP): Cultura Acadêmica, 2010.

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e Aparelhos Ideológicos de Estado. Trad. Joaquim J. M. Ramos. Lisboa: Presença, 1970.

VIGOTSKI, Lev S. Psicologia da Arte. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

GIARDINETTO, José Roberto B. A Pedagogia Histórico-Crítica subsidiando a Reflexão da Questão Cultural na Educação Escolar. In: MENDONÇA, S. G. L; MILLER, S. (orgs.). Vigotski e a Escola Atual: fundamentos teóricos e implicações pedagógicas. 2. ed. Araraquara (SP): Junqueira & Marin; Marília (SP): Cultura Acadêmica, 2010.

KOCH, Ingedore G. V; ELIAS, Vanda Maria. Ler e Compreender: os sentidos do texto. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2008.

BAKHTIN, Mikhail M. Os Gêneros do Discurso. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2016.

MAINGUENEAU, Dominique. Diversidade dos Gêneros de Discurso. In: MACHADO, I. L; MELLO, R. (orgs.). Gêneros: reflexões em Análise do Discurso. Belo Horizonte: NAD/ FALE/ UFMG, 2004.

REGO, Tereza Cristina. Trajetória Intelectual de Pesquisadores da Educação: a fecundidade do estudo dos memoriais acadêmicos. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, v. 19 n. 58 jul.-set. 2014, p. 779-800.

BARBOSA, Maria Valéria; MILLER, Stela; MELLO, Suely Amaral. (orgs.). Teoria Histórico-Cultural: questões fundamentais para a Educação Escolar. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2016.

MELO, José M. Comunicação Social: da leitura à leitura crítica, In: ZILBERMAN, R; SILVA, E. T. Leitura: perspectivas interdisciplinares. 5. ed. São Paulo: Ática, 2002.

BAKHTIN, Mikhail M. Notas sobre Literatura, Cultura e Ciências Humanas. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2017.

KÖCHE, Vanilda S; MARINELLO, Adiane F; BOFF, Odete Maria B. Estudo e Produção de Textos: gêneros textuais do relatar, narrar e descrever. 2. ed. Petrópolis (RJ): Vozes, 2015.

CAUNE, Jean. Cultura e Comunicação: convergências teóricas e lugares de mediação. Trad. Laan Mendes de Barros. São Paulo: Editora UNESP, 2014.

LÓTMAN, Iuri. A Estrutura do Texto Artístico. Trad. Maria do Carmo V. Raposo e Alberto Raposo. Lisboa: Estampa, 1978.

LIMA, Terezinha Bazé de. Educação e Desenvolvimento da Competência Humana: memória da trajetória construída em diferentes contextos. Campo Grande: Life Editora, 2012.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e Pedagogos, para quê? São Paulo: Cortez, 1998.

ESPÍNDOLA, Ana Lúcia. Breves Cartas a uma Jovem Professora, alguns Poemas e Outros Relatos: memorial descritivo de ações desenvolvidas no ensino, pesquisa e extensão na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. 2019. 164f. Memorial (Concurso para Professor Titular) – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, Três Lagoas, 2019.

BASTOS, Maria Helena C. Memoriais de Professoras: reflexões sobre uma proposta. In: MIGNOT, A. C. V; CUNHA, M. T. S. (orgs.). Práticas de Memória Docente. São Paulo: Cortez, 2003. (Coleção Cultura, Memória e Currículo, v. 3).

ROSA, Maria da Glória Sá. Memória da Cultura e da Educação em Mato Grosso do Sul: histórias de vida. Campo Grande: UFMS/ CECITEC, 1990.

NOVOA, Antônio (org.) Vidas de Professores. 2. ed. Lisboa: Porto, 1995. (Coleção Ciências da Educação).

PIATTI, Célia Beatriz. Influência da Escola na Formação de Leitores e Professores Leitores. In: SILUS, A; ALVES, G. M; SOUZA, L. P. Formação Docente e Diversidade: Linguagens, Educação e Questões Contemporâneas. São Carlos: Pedro & João Editores, 2018.

Publicado
2019-12-26
Como Citar
Silus, A. (2019). MEMÓRIAS, MEMORIAIS E CARTAS: RELATOS DE UMA PROFESSORA TITULAR. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological , 6(2), 594-608. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/SAJEBTT/article/view/2674
Seção
Artigos Originais Ciências Humanas