ANÁLISE FITOQUÍMICA, ATIVIDADES CITOTÓXICA E ANTIBACTERIANA DA CASCA DE Apodanthera smilacifolia Cong. (CIPÓ-AZOUGUE)

  • VALÉRIA FERREIRA CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ- CEULJI ULBRA http://orcid.org/0000-0002-7845-6513
  • JEFERSON DE OLIVEIRA SALVI CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ- CEULJI ULBRA
  • ANNA LUIZA SIMIONI FERRARI CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ- CEULJI ULBRA
  • CAMILA CABRAL VIDAL CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ- CEULJI ULBRA
  • KARINE AMANDA COSTA CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ- CEULJI ULBRA
  • RAFAEL BINOW SCHMIDT

Resumo

  • O presente estudo teve por objetivo realizar a prospecção fitoquímica e avaliar as atividades citotóxica e antimicrobiana das cascas de Apodanthera smilacifolia cong (CIPÓ-AZOUGUE). A família Cucurbitaceae Juss é numerosa e heterogênea, assim como muitos táxons vegetais, e apresenta informações distintas acerca de seus gêneros e espécies. Embora sua morfologia seja bastante diversificada, são facilmente reconhecidas pelo hábito trepador. Alguns autores relatam aproximadamente 95 gêneros e um número estimado entre 950 e 980 de espécies distribuídas principalmente nas regiões tropicais e subtropicais do mundo, sendo raras em regiões temperadas. A espécie é popularmente conhecida como Cipó Azougue, Cipó-santo, Catingueira, Chá-de-boubas e Cota, dentre outros. São popularmente utilizados em tratamentos de infecções cutâneas de caráter sifilítico, úlcera dérmica, sarna, herpes. A identificação de metabólitos secundários foi realizada por meio de testes colorimétricos validados, a citotoxicidade foi realizada pelo teste de letalidade frente à microcrustáceo Artemia salina e a atividade antibacteriana foi avaliada pelo método de difusão em disco, frente aos microrganismos Escherichia coli e Staphylococcus aureus. Os resultados encontraram a presença de alcaloides, flavonoides, saponinas e taninos. O decocto foi classificado como atóxico (DL50=8.012 µg/mL) e não foi encontrada atividade antibacteriana sobre todas as cepas testadas.
Publicado
2019-08-01
Seção
Artigos de Ciências da Vida