EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS

UM DIAGNÓSTICO DO ENSINO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ (UNIFAP)

Autores

  • Wesley Vaz Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo

Considerando as múltiplas facetas que o racismo instaura no ensino superior, seja nas relações sociais, institucionais ou no Projeto Pedagógico de Curso - PPC, trabalhar com as disciplinas que versam a questão étnico-racial no âmbito acadêmico invariavelmente imputa um posicionamento político e estratégico diante de uma lógica de poder que, historicamente, minimizou a importância dos estudos africanos e afro-brasileiros na constituição sócio-histórica e política da educação brasileira. Com base nesse recorte, o objetivo geral deste trabalho consiste em averiguar como se configura a prática docente a partir do mapeamento dos/as professores/as que atuam na perspectiva da diversidade racial na Universidade Federal do Amapá - Unifap, Campus Marco Zero, em Macapá –AP. Como objetivos específicos, pretende-se realizar um mapeamento dos/as docentes que atuam na temática racial, bem como investigar como se apresenta a educação étnico-racial nos parâmetros institucionais, analisando seus entraves e desafios. Adotou-se como metodologia a pesquisa bibliográfica, a qualitativa e a entrevista como instrumento para coleta de dados. Por conseguinte, depreendeu-se que a prática docente na educação étnico-racial na Unifap apresenta-se de maneira complexa e incipiente, visto a falta de fiscalização e de acompanhamento pedagógico por parte da instituição e de seus setores administrativos no que diz respeito ao cumprimento da lei 10.639/03 e da legislação antirracista.

 

Biografia do Autor

Wesley Vaz Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Sociologia na Universidade Federal de Minas Gerais.

Downloads

Publicado

2021-01-29

Como Citar

Vaz Oliveira, W. (2021). EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: UM DIAGNÓSTICO DO ENSINO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ (UNIFAP). Revista Em Favor De Igualdade Racial, 4(1), 191–204. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/RFIR/article/view/4116

Edição

Seção

ARTIGOS