RAÍZES QUILOMBOLAS DO SAPÊ DO NORTE: ASSENTANDO A IDENTIDADE ANCESTRAL NO QUILOMBO SÃO CRISTÓVÃO E SERRARIA (SÃO MATEUS – ES)

Autores

  • Josiléia dos Santos do Nascimento Universidade Federa do Espírito Santo (UFES)

Palavras-chave:

Quilombo, Ancestralidade, Identidade, Culinária

Resumo

Os quilombos são expressões vivas da resistência construída pelos africanos e africanas na luta contra a repressão, a exploração e dominação dos corpos pretos. Espaços de produção e reprodução da vivência organizada coletivamente. O presente artigo enfoca a importância da identidade étnica quilombola das comunidades pretas rurais no norte do Espírito Santo, assentando a preservação das práticas ancestrais como fonte de resistência guardada na memória vivenciada no coletivo, em que se faz presente a afirmação da identidade e ancestralidade. Suscitamos algumas considerações a respeito das práticas alimentares dos remanescentes quilombolas, como fonte de identidade étnica das comunidades, construindo uma análise de como se apropriam dos saberes existentes no território, a partir das contribuições teóricas e das entrevistas realizadas com membros do Quilombo São Cristóvão e Serraria. A culinária quilombola diz respeito à relação que o povo, ao fazer a comida de preto criada, inventada e reinventada por eles, representam sua sobrevivência e vivência, de forma que se apropriam do aprendizado herdado dos ancestrais, sendo localizados socialmente por sua história.

Biografia do Autor

Josiléia dos Santos do Nascimento, Universidade Federa do Espírito Santo (UFES)

Quilombola do estado do Espirito Santo, na região denominada Sapê do Norte, que compreende as comunidades quilombolas de São Mateus e Conceição da Barra. Membra da comunidade quilombola de São Cristóvão em São Mateus, com atuação na cultura do jongo e saberes ancestrais nessa localidade.

Referências

ANDRADE, Patrícia Gomes Rufino. A educação no quilombo e os saberes do quilombo na escola. Curitiba: Appris, 2018.

BARTH, Fredrik. O guru, o iniciador e outras variações antropológicas. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2000.

BARTH, Fredrik. Os grupos étnicos e suas fronteiras. In: POUTIGANT, P.; FENART, J. S. (orgs.) Teorias da etnicidade. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998, p.177-227.

FERREIRA, Simone R.B. “Donos do lugar”: A geo-grafia negra e camponesa do sapê do norte-ES. Geografares, Vitória, n.8, 2010. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/geografares/article/download/1298/980. Acesso em 24/04/2019

FERREIRA, Simone R.B. Quilombolas do Sapê do Norte-ES: a territorialidade revivida pela memória. In: Anais do Seminário Nacional da Pós-Graduação em Ciências Sociais – UFES. V.1, n.1, 2011. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/SNPGCS/article/view/1479/1070

FERREIRA, Simone R.B. Quilombolas. In: CALDART; ALENTEJANO; FRIGOTTO (orgs). Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012, p.647-649.

FOËGER, Tarciso José; AGUIAR, Alba Soares de; TOSTA Alessandra; BULHÕES, Dalívia; CARVALHO, Jerônimo Amaral de. Relatório técnico de identificação e delimitação da comunidade Remanescente de Quilombo de Serraria e São Cristóvão, município de São Mateus/ES. Vitória: INCRA, 2006.

FURTADO, Marcella; SUCUPIRA, Regina Lúcia; ALVES, Cândida Beatriz. Cultura, identidade e subjetividade quilombola: uma leitura a partir da psicologia cultural (artigo), 2014. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=309330671012.≥. Acesso em 12/04/2020.

MACIEL, Maria Eunice. Identidade Cultural e Alimentação. In: Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2005. 306p. (Coleção Antropologia e Saúde).

NASCIMENTO, Abdias. O quilombismo: documentos de uma militância. Petrópolis- RJ: Editora Vozes Ltda, 1980.

OLIVEIRA, Osvaldo, Martins. O projeto político do território negro de Retiro e suas lutas pela titulação da terra. 413 p. Tese (Doutorado) em Antropologia Social. Programa de Pós-graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis/SC, 2005.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. In: Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, nº 10, 1992.

SANTOS, Carlos Roberto Antunes dos. A comida como lugar de história: as dimensões do gosto. In: HISTÓRIA: Questões & Debates, Curitiba, n. 54, jan/jun. 2011, Ed. UFPR, p. 103-124.

REFERÊNCIAS ORAIS

Antônio Nascimento, 74 anos. Comunidade Quilombola de São Cristóvão. Entrevista realizada em 2017.

Luzinete dos Santos do Nascimento, 63 anos. Comunidade Quilombola de São Cristóvão. Entrevista realizada em 17/11/2017

Sebastião Nascimento, 69 anos. Comunidade Quilombola de São Cristóvão. Entrevista realizada em 26/10/2019.

Downloads

Publicado

2021-05-26

Como Citar

dos Santos do Nascimento, J. (2021). RAÍZES QUILOMBOLAS DO SAPÊ DO NORTE: ASSENTANDO A IDENTIDADE ANCESTRAL NO QUILOMBO SÃO CRISTÓVÃO E SERRARIA (SÃO MATEUS – ES). Revista Em Favor De Igualdade Racial, 4(2), 127–142. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/RFIR/article/view/3568