RELATO DE PESQUISAS SOBRE QUESTÕES AFROBRASILEIRA POR CONTINUAR…

  • SELMO AZEVEDO APONTES UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

Resumo

Esse artigo objetiva apresentar um breve relato de trabalhos que foram realizados que envolveram especificamente a questão de discussão de algum aspecto linguístico e etnolinguístico abordando a importância da contribuição dos povos bantu para a formação linguístico-cultural brasileira. Serão apresentados breves resumos de quatro trabalhos já apresentados e publicados, a saber: A riqueza do léxico Bantu na obra “Rei Negro: Um Romance Bárbaro”, de Coelho Neto (2009); “Acomodação de palavras Bantu em Português: algumas consequências morfofonológicas” (2009); Calundu: Calo Duo? Etimologias apressadas ou preconceito? (2010); Bundinzando palavras portuguesas: lenço e rilenzo, lenços e malénzo, um breve olhar sobre a acomodação da prefixação banto em Cannecattim (1805) (2010). O apoio teórico para trabalhar com os artigos foi a partir de leituras pessoais e também através da oferta no Campus da Universidade Federal de Rondônia, em Guajará-Mirim, de cursos como: Tonologia Comparativa das Línguas Bantu (2009) e Descrição de uma Língua Africana – Lingala (Bantu) (2013), ambos ministrados por Dr. Jacky Maniaky, Museu Real da África Central – MRAC-, Bélgica. Como resultado, espera-se não apenas conhecer as pesquisas sobre questões afrobrasileira, mas também conhecer os pesquisadores sobre a temática. No entanto, muito resta por pesquisar e, principalmente, sistematizar o que foi pesquisado: conectando e deixando-me estruturar pela riqueza imagética, sonora, visual, rememorativa que foi absorvido no vivido.

Biografia do Autor

SELMO AZEVEDO APONTES, UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

Doutor em Linguística, Universidade Federal do Acre.

Publicado
2019-11-18