A METODOLOGICA DE SEMINÁRIOS E A GEOGRAFIA ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO

O ALUNO-PESQUISADOR?

  • Eliana Alves de Castro Bolsista Voluntária do Grupo PET Geografia Universidade Federal do Acre
  • Julia Lobato Pinto de Moura UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

Resumo

Este trabalho é resultado de uma pesquisa, realizada a partir da observação participante nas aulas, ocorrida durante o Estágio Curricular Supervisionado em Geografia I cujo objetivo foi identificar se o recurso didático dos “Seminários” contribui no aprendizado dos alunos do 1° ano do Ensino Médio da Escola Estadual Jovem Armando. Além das observações, este trabalho contou com pesquisa bibliográfica em autores que refletem sobre o estágio como pesquisa na formação docente, os desafios do ensino da Geografia e a pedagogia da autonomia, tais como: Pimenta e Lima (2012), Lacoste (1989) e Freire (1996). Quando se pensa em “seminários” como recurso didático, pensa-se na exposição sistematizada dos resultados de uma pesquisa no contexto escolar, isto é, colocar o aluno como protagonista de seu aprendizado, dando-lhe autonomia para investigar temas e construir seu pensamento sobre o assunto, apresentando os resultados. Porém na observação das práticas notou-se que os seminários, que a princípio mobilizam a sala de aula, favorecendo o agrupamento produtivo, não contempla o objetivo do professor, que seria tornar as aulas mais dinâmicas e participativas, já que se trata de uma escola de ensino integral. A aplicação da referida metodologia não atinge o objetivo, seja porque eles não são detalhadamente orientados de como proceder à pesquisa e apresentação de temas, seja porque alguns alunos não se interessam suficientemente para a proposta didática do docente. Parece que não existe uma grande preocupação por parte do docente na construção do pensamento crítico do aluno. Apesar de usar a metodologia de Seminários, que incentivaria o aluno-pesquisador, não há o desenvolvimento do “aprender a aprender” capaz de fazer do estudante um sujeito autônomo.

Publicado
2019-11-01
Como Citar
Eliana Alves de Castro, & Julia Lobato Pinto de Moura. (2019). A METODOLOGICA DE SEMINÁRIOS E A GEOGRAFIA ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO. ARIGÓ - Revista Do Grupo PET E Acadêmicos De Geografia Da Ufac, 2(1), 1. Recuperado de https://periodicos.ufac.br/index.php/arigoufac/article/view/3029