Análise de concepções de avaliação da aprendizagem de professores de química da educação básica

Autores

  • Mateus Henrique da Costa Universidade Federal de Pernambuco
  • Girleide Tôrres Lemos Universidade Federal de Pernambuco
  • Jeneffe Ferreira dos Santos Universidade Federal de Pernambuco
  • Giselly Milena da Cunha Correia Universidade Federal de Pernambuco
  • Maryenne Souza Silvestre Barbosa Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

Apresentamos nesse texto uma análise de concepções de professores(as) de química da educação básica acerca do campo de conhecimento da avaliação da aprendizagem. Esse estudo teve origem a partir de uma disciplina obrigatória do curso de Química-Licenciatura no Agreste Pernambucano. A partir dos estudos e reflexões da disciplina, buscamos analisar que compreensão de avaliação da aprendizagem professores da educação básica mobilizavam ao falarem sobre as atividades avaliativas realizadas. Para acessar esses relatos adotamos o uso de um questionário aberto, trazemos para esse texto os relatos de dois professores que ensinam química na educação básica. Com base nas experiências relatadas pelos professores, mobilizamos autores que estudam o campo da avaliação da aprendizagem, no intuito de refletir que concepções de avaliação da aprendizagem marcavam essas experiências. Estas reflexões nos levaram a observar que há diferentes entendimentos em relação ao que eles estão tomando como avaliação no processo de aprendizagem. De forma, que em alguns momentos esse entendimento sobre a avaliação se aproxima da concepção de avaliação formativa e em outros momentos se aproxima da concepção de avaliação somativa.

Downloads

Publicado

2021-10-25