Caracterização fenotípica de acessos de Capsicum chinense Jacq da Mesoregião do Vale do Juruá, Acre

  • Williane Maria de Oliveira Martins Instituto Federal do Acre
  • Edna Secundes Cabral Instituto Federal do Acre
  • Lilliane Maria de Oliveira Martins Instituto Federal do Acre

Resumo

A pimenta Capsicum chinense é uma das espécies mais cultivadas e com maior diversidade na Amazônia. O trabalho teve por objetivo caracterizar por meio de descritores morfológicos nove acessos de C. chinense de Cruzeiro do Sul, Acre. O estudo foi desenvolvido no período de janeiro a junho de 2019, em propriedade particular no município de Cruzeiro do Sul, Acre. Foi instalado um experimento com delineamento experimental inteiramente casualizado, com nove tratamentos (acessos) e cinco repetições, sendo uma planta por vaso e a parcela constituída por uma planta. Para a caracterização morfológica das plantas foram utilizados os descritores conforme IPGRI (International Plant Genetic Resources Institute, 1995). Entre os acessos houve variação morfológica dos caracteres das plantas, folhas, flores, frutos e sementes. Os parâmetros relacionados aos frutos apresentaram maior variabilidade fenotípica e isso demonstra seu potencial em programas de melhoramento na região. Outros ensaios deverão ser conduzidos para avaliar se as características apresentadas não irão segregar.

Publicado
2020-05-07
Seção
Artigos Científicos