[1]
F. Pocahy e T. Cruz, “CORPO, GÊNERO E SEXUALIDADE EM BLACK MIRROR: CARTOGRAFIAS AUDIOVISUAIS”, Communitas, vol. 4, nº 7, p. 91-108, maio 2020.